Blogue acerca da terra, das pessoas, dos costumes e da História de PADORNELO, freguesia do concelho de Paredes de Coura, distrito de Viana do Castelo, publicado por JOFRE DE LIMA MONTEIRO ALVES.

.Capela das Angústias

.Capela do Ecce Homo

.Capela do Amparo

.Capela de Santiago

.Igreja de Santa Marinha

.Correio Electrónico

Contacto via jofrealves@sapo.pt

.Os Meus Blogues

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Artigos Recentes

. FALECEU O TONE DO SENRA

. LISTA DO PS CANDIDATA À ...

. ALMOÇO NAS ANGÚSTIAS 2017

. FEIRA DE PADORNELO 2017 -...

. FEIRA DE PADORNELO 2017 -...

. FEIRA DE PADORNELO 2017 -...

. FEIRA DE PADORNELO 2017 -...

. FEIRA DE PADORNELO 2017 -...

. FEIRA DE PADORNELO 2017 -...

. FEIRA DE PADORNELO 2017 -...

.Arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.Temas

. todas as tags

.LIGAÇÕES


.subscrever feeds

blogs SAPO
Estou no Blog.com.pt
Quinta-feira, 31 de Agosto de 2006

Festa do Emigrante

A Associação de Padornelo realizou, no dia 20, a sua Festa do Emigrante. A tarde começou dentro da sede, com vários teatros, danças e músicas que divertiram todos os presentes.

 

Depois destas apresentações, a festa passou para o lado de fora da sede onde o chavelo e o jogo de futebol entre emigrantes ajudaram a passar uma tarde maravilhosa. No final do jogo já estavam preparadas as mesas para uma confraternização que durou noite dentro.

 

Parabéns à Associação e, para os nossos emigrantes, um bom regresso a casa.

 

Jorge Lima

 

Joana Pereira

 

Notícia do jornal NOTÍCIAS DE COURA, edição 77, de 29 de Agosto de 2006, página 15.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 20:48
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 30 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima XX

Silvina de Jesus Barbosa de Lima em1988

Silvina de Jesus Barbosa de Lima, minha Mãe, aos 60 anos de idade, com o neto Ilídio Inocêncio, em Dezembro de 1988.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 29 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima XIX

Silvina de Jesus Barbosa de Lima em 1987

Silvina de Jesus Barbosa de Lima (1928 + 2006), em 1987, aos 59 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 28 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima XVIII

Silvina de Jesus Barbosa de Lima em 1986

Silvina de Jesus Barbosa de Lima (1928 + 2006), [de chapéu], em 1986, aos 58 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:11
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 27 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima XVII

Silvina de Jesus Barbosa de Lima em 1985

Silvina de Jesus Barbosa de Lima (1928 + 2006), minha Mãe, em 1985, aos 57 anos de idade, já definitivamente doente.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:14
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 26 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima XVI

Silvina de Jesus Barbosa de Lima em 1985

Silvina de Jesus Barbosa de Lima (1928 + 2006), minha Mãe, em 1985, aos 57 anos de idade, altura em que adoeceu.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 15:05
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 25 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima XV

Silvina de Jesus Barbosa de Lima em 1983

Silvina de Jesus Barbosa de Lima (1928 + 2006), em 1983, aos 55 anos de idade: um mês de saudade da Minha Santa Mãe.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 03:25
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 24 de Agosto de 2006

Quadras a S. João XI

Fazemos muitos eventos

Na nossa associação,

Comemoramos hoje, em Padornelo

A noite de S. João.

 

Padornelo, terra linda

Com muita tradição,

Não esqueçamos também

A noite de S. João.

 

Quando se fala em Padornelo,

Explode teu coração.

Explode também connosco

Nesta noite de S. João.

 

Festas e romarias

Fazemo-las com muito zelo.

Se queres ir ao S. João

Dirige-te a Padornelo.

 

Por causa de tanta festa

E também do S. João,

Em Padornelo não nos esquecemos

De apoiar a nossa selecção!

 

Maria do Céu Soares da Cunha Pereira

Sobreiro – Padornelo

 

Temas: ,
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:11
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 23 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima XIV

Silvina de Jesus Barbosa de Lima (1928 + 2006), minha Mãe, em 1980, aos 52 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 00:04
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 22 de Agosto de 2006

Quadras a S. João X

Que bela notícia esta

Que alegrou o meu coração,

Ao saber que em Padornelo

Se festeja o S. João!

 

Para o setress combater,

Vá à festa de S. João

Que Padornelo vai fazer,

Organizada pela associação!

 

Em Padornelo brevemente,

Vou meu desejo saciar;

No S. João estarei presente,

P’ra comer, beber e dançar!

 

Viva Padornelo, viva,

E sua cultural associação;

Parabéns pela iniciativa

Da festa de S. João!

 

                         Anjo

 

António José da Cunha Alves

Codessal – Paredes de Coura

 

Temas: ,
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 05:05
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 21 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima XIII

Silvina de Jesus Barbosa de Lima em 1978

Silvina de Jesus Barbosa de Lima (1928 + 2006), minha Mãe, em 1978, aos 50 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 19 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima XII

Silvina de Jesus Barbosa de Lima e Esmeralda de Jesus Barbosa em Agosto 1977

Silvina de Jesus Barbosa de Lima (minha Mãe) e Esmeralda de Jesus Barbosa (minha Avó), na feira de Paredes de Coura, em Agosto 1977.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 03:20
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 18 de Agosto de 2006

Quadras a S. João IX

Com o seu lindo rufar entre todos os primeiros

Padornelo sai à rua com alho-porro na mão,

Para ouvir os seus gaiteiros…

Em noite de S. João.

 

Numa mão um manjerico

E alho-porro noutra mão,

Veio de longe o S. João para dar os parabéns

À nova associação.

 

S. João, onde está o pão que havia nesta Freguesia?

A deliciosa padeça que outrora aqui havia?

Vinde depressa e instalai em Padornelo

Uma bela Padaria.

 

Parabéns pela iniciativa. Gostei de participar

E poder homenagear este santo tão popular,

O nosso querido S. João

E o meu lindo Padornelo que o trago no coração.

 

                         Diana Fernandes

 

Maria de Lurdes Pereira

Bona – Alemanha

Temas: ,
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 04:12
Regressar ao Topo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 17 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima XI

Silvina de Jesus Barbosa de Lima em 1977

Silvina de Jesus Barbosa de Lima (1928 + 2006), minha Mãe, em 1977, aos 49 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:01
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 16 de Agosto de 2006

Quadras a S. João VIII

Gosto muito de Poesia

De alma e coração,

Sinto muita alegria

Com as quadras de S. João.

 

S. João era maroto

Só com brincadeiras andava

E segundo diz a lenda,

Também das moças gostava.

 

Noite de grande folia

A noite de S. João,

Padornelo com alegria

Mantém viva a tradição.

 

Alho-porro e manjerico

Tudo serve para brincar,

São casados e solteiros

Todos à roda a dançar.

 

Nesta noite há sardinhada,

Broa e vinho daquele bom.

Foi muito bem organizado

Parabéns à Associação.

 

                         A27

 

Armando Manuel Dantas

Tojais – Padornelo

 

 

É noite de S. João

Por cá houve muito zelo,

Para fazer esta festa

Na Associação de Padornelo.

 

Ó meu S. João Baptista

Ajuda-nos na nossa vida,

Olha que em Padornelo

Esta noite nunca é esquecida.

 

Ó meu rico S. João

Daqui faço-te um apelo,

Saúde, paz e dinheiro

À gente de Padornelo.

 

É noite de S. João

Noite de sardinha assada,

Padornelo está em festa

Bota mais uma copada.

 

Viva a gente de Padornelo

Viva a noite de S. João,

Viva quem fez esta festa

Viva a nossa Associação.

 

                         Zé da Estrada

 

Ilídio da Silva Dantas Gomes

Lamarigo – Padornelo

Temas: ,
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 04:05
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 15 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima X

Silvina de Jesus Barbosa de Lima em 1975

Silvina de Jesus Barbosa de Lima, minha Mãe, em 1975, aos 47 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 14 de Agosto de 2006

Quadras a S. João VII

Meu destino é Padornelo

Da Vila Parada eu vi,

Os festejos de S. João

E a dançar lá aprendi.

 

Cheguei à terra de Padornelo

Que satisfeito eu estou…

Venho às festas de S. João

Santo que sempre festejou.

 

Nestes montes de Padornelo

S. João aqui passou,

Para ver esta linda terra

Namoradas aqui deixou.

 

Ó S. João de Padornelo

Que alegre tu és…

Só eu e a associação

É que sabemos quem tu és.

 

Do S. João nunca esquecerei

Nem este Padornelo dourado,

Mas vou é para a minha terra

Que se chama Cossourado.

 

                         Courinha

 

António Castro de Sousa

Ponte Nova – Cossourado

 

 

Na Freguesia de Padornelo, aqui há anos atrás,

Havia muitos fornos, para fazer um bom pão,

Para comer as sardinhas

Na noite de São João.

 

Eu vivo em Padornelo;

Amo-o de todo o coração.

Também gosto de fazer as minhas brincadeiras

Na noite de São João.

 

Padornelo é terra

Onde se bebe vinho pelo garrafão

Para apanhar um alegrete,

No dia de são João.

 

A freguesia de Padornelo

Tem uma boa Associação.

Vão fazer uma grande festa

Na noite de São João.

 

Gosto muito de Padornelo;

Muito mais de São João.

Trabalho todos os dias

Em frente de um balcão.

 

Maria Custódia da Costa Pereira

Angústias – Padornelo

 

Temas: ,
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:11
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 12 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima IX

Silvina de Jesus de Barbosa de Lima em 1972

Silvina de Jesus Barbosa de Lima (1928 + 2006), minha Mãe, em 1972, aos 44 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 19:37
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 11 de Agosto de 2006

Associação de Parada vence com surpresa e brilho torneio de futsal de Padornelo

Dando continuidade ao trabalho desenvolvido nos últimos anos, organizou a Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Padornelo, o IV Torneio de Futsal Masculino – “PADORNELO EM FESTA – VERÃO/2006”, com a colaboração da Junta de Freguesia de Padornelo, do Município de Paredes de Coura, de vários particulares e de algumas casas comerciais sedeadas no distrito de Viana do Castelo.

 

O sucesso alcançado nas edições anteriores fazia esta entidade acreditar na possibilidade de conseguir, no presente ano, mobilizar ainda mais equipas e essencialmente proporcionar excelentes espectáculos de futsal, contribuindo, desta forma, para a promoção da modalidade, que está a crescer consideravelmente no nosso concelho.


E de facto assim aconteceu, tendo aderido ao torneio treze equipas, sendo distribuídas por duas séries; a saber - Série A: Talho Filipe, Linhares, F. C. Porreiras, Associação de Insalde, “Os Barriguinhas”, Coura Peixe e Associação de Cunha; Série B: “João Alberto – Canalizações”, Associação de Formariz, Associação de Mozelos, Auto Livramento, Associação de Ferreira e Associação de Parada.

 
Para arbitrar os quarenta e quatro jogos do torneio, esta Associação teve a satisfação e a honra, de contar com a colaboração de onze jovens com inegáveis qualidades para assegurar o normal desenvolvimento dos jogos. De facto este torneio, como outros que certamente se continuarão a realizar por todo o concelho, só é possível devido à boa vontade, ao espírito de colaboração, ao esforço e ao empenho dessas pessoas.

 

Por este facto, a Associação de Padornelo quer publicamente agradecer aos senhores Alberto Pires, Carlos Araújo, José Carlos Meneses, Henrique Reis, João Mendes, José Luís, Luís Nogueira, Luís Sá, Paulo Teixeira, Pedro Barbosa e Ruben Ribeiro o valoroso contributo que deram para o sucesso deste certame.


No plano disciplinar, apesar de uma ou outra situação menos agradável, terá que forçosamente referenciar-se o bom comportamento de todas as equipas ao longo do torneio, sinal inequívoco da mudança de mentalidade que o futsal veio trazer aos nossos desportistas, que cada vez mais terão que saber respeitar as decisões de quem tem o difícil papel de arbitrar os jogos.


No plano desportivo terá que destacar-se a vitória da equipa da Associação de Parada, que apesar de não ter sido considerada uma das favoritas no início do torneio, veio provar a velha máxima de que, os jogos se vencem em campo, e que quando a vontade, a garra, a determinação e o espírito de equipa são colocados em campo, em futsal como na vida, é possível ultrapassar obstáculos por mais difíceis que eles sejam.


A nível colectivo é de realçar a conquista da Taça Disciplina pelas equipas da Associação de Cunha, na série A, e “João Alberto – Canalizações”, na série B. A Taça Disciplina visava premiar as equipas que ao longo da primeira fase demonstrassem o melhor comportamento disciplinar.


A nível individual, os melhores guarda-redes foram Rui Manuel da Silva Fernandes e Marco Paulo Martins Lima, respectivamente, do F. C. Porreiras e Auto Livramento. Os melhores marcadores do torneio foram Tiago Gonçalves Loureiro e José Filipe Rodrigues Brito, respectivamente do F. C. Porreiras e “João Alberto – Canalizações”.


De registar igualmente que o troféu destinado a premiar o melhor jogador da final do torneio, eleito por um júri constituído por vinte e quatro elementos, foi entregue a Carlos Araújo, atleta da Associação de Parada, que obteve 18 votos.


Esta foi sem dúvida, a melhor edição do Torneio de Futsal – “PADORNELO EM FESTA – VERÃO/2006”, que teve o seu momento alto no dia da final, onde uma bancada repleta de espectadores, foi elucidativa da grande paixão que os courenses nutrem pelo futsal. Se dúvidas houvesse, nesse dia elas ficaram dissipadas.


Contudo seria injusto não realçar a qualidade técnica e disciplinar, que caracterizou todos os jogos da fase final, com especial destaque para os das meias-finais. A todos os intervenientes nessa fase sempre difícil, que se caracteriza por jogos muito emotivos e equilibrados, a organização quer endereçar os parabéns e simultaneamente recordar que é possível em Paredes de Coura realizar grandes acontecimentos desportivos, com classe, desportivismo e elevação.


Outra grande constatação que se poderá fazer, é que neste momento existe em Paredes de Coura, muita gente, essencialmente jovem, com grandes qualidades para a prática desta modalidade.

 

Classificação Final:

 

1.º - Associação de Parada,

2.º - Auto Livramento,

3.º Talho Filipe,

4.º - F. C. Porreiras,

5.º - Coura Peixe,

6.º - “João Alberto – Canalizações”,

7.º - “Os Barriguinhas”,

8.º - Associação de Formariz,

9.º - Linhares,

10.º - Associação de Ferreira,

11.º - Associação de Cunha,

12.º - Associação de Mozelos,

13.º - Associação de Insalde.

 

Fernando Silva

 

Notícia do jornal NOTÍCIAS DE COURA, de 8 de Agosto de 2006, página 32

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:16
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 10 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima VIII

Silvina de Jesus Barbosa de Lima em 1971

Silvina de Jesus Barbosa de Lima, minha Mãe, em 1971, aos 43 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:49
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 9 de Agosto de 2006

RIFONEIRO DE COURA: a Sabedoria Popular - IV

Agosto

 

Primeiro de Agosto, primeiro de Inverno.

 

Água de Agosto, açafrão, mel e mosto.

 

Agosto chuvoso é ano formoso.

 

Agosto dá o sol no rosto.

 

Agosto e vindima vem cada ano, uns com ganância, outros com dano.

 

Agosto madura, Setembro vindima.

 

Agosto nos farta, Agosto nos mata.

 

Ande o ano por onde andar, o mês de Agosto há-de aquentar.

 

Até quinze de Agosto malha a teu gosto.

 

Em Agosto malha suor no teu rosto.

 

Cava e esterca em Agosto ao lavrador alegra o rosto.

 

Cava em Agosto, enche o tonel de mosto.

 

Corra o ano como for, haja em Agosto e Setembro calor.

 

Corra o ano como correr, o mês de Agosto há-de aquecer.

 

Em Agosto aguilhoa o preguiçoso e sê cuidadoso.

 

Em Agosto ardem os montes e secam as fontes.

 

Em Agosto dá o Sol pelo rosto.

 

Em Agosto espingarda ao rosto.

 

Em Agosto malha a teu gosto.

 

Em Agosto, palhas ao palheiro, meninas ao candeeiro.

 

Em Agosto, sardinha e mosto.

 

Em Agosto secam os montes, em Setembro as fontes e o Outubro seca tudo.

 

Em Agosto toda a fruta tem o seu gosto.

 

Lá vem Agosto com seus santos ao pescoço.

 

Lua nova de Agosto carregou, lua nova de Outubro trovejou.

 

Luar de Agosto dá-lhe no rosto.

 

Não há casamento em Agosto que não tenha desgosto.

 

Nem em Agosto caminhar, nem em Dezembro marear.

 

O mês de Agosto será gaiteiro se for bonito o primeiro de Janeiro.

 

Quem Agosto ara, riqueza prepara.

 

Quem cava a vinha em Agosto, enche a cuba de mosto.

 

Quem debulha em Agosto, debulha com mau gosto.

 

Quem dormir ao Sol de Agosto, passa por desgosto.

 

Se queres ver teu homem morte dá-lhe couves em Agosto.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:10
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 8 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima VII

Norberto, Silvina de Jesus Barbosa de Lima, Ilídio Monteiro Alves e António Inocêncio em 1956

Norberto de Lima Alves, Silvina de Jesus Barbosa de Lima (minha Mãe), Ilídio Monteiro Alves (meu Pai), e António Inocêncio de Lima Alves, em 1956: tinha 28 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:00
Regressar ao Topo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 7 de Agosto de 2006

Notícias Soltas

António Alves Peres, o “Tone do Parente”, faleceu na cidade do Rio de Janeiro, Brasil, a dia 3 de Julho de 2006. Era natural do lugar do Sobreiro e tinha 81 anos de idade.

 

Amália Barbosa Lourenço, a “Mália do Secundino”, faleceu a 9 de Julho de 2006 no Lar de Idosos de Caminha. Era natural da freguesia de Padornelo e tinha 90 anos de idade, sendo filha de Secundino Barbosa Lourenço e de Libéria Maria Barbosa, e viúva de António Rodrigues “da Marinheira”.

 

Albano Barbosa Gonçalves, “Albano da Gatanheira”, de 82 anos de idade, faleceu no Lar de Idosos de Paredes de Coura a 16 de Julho de 2006. Era natural do lugar do Sobreiro e filho de José Barbosa e de Casimira Barbosa.

 

Silvina de Jesus Barbosa de Lima, de 78 anos de idade incompletos, filha de Silvino de Lima e de Esmeralda de Jesus Barbosa, faleceu a 25 de Julho de 2006.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 16:12
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Quadras a S. João VI

Retomamos a publicação das quadras a S. João, concorrentes ao concurso alusivo organizado pela Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Padornelo e que se realizou a 23 de Junho de 2006, que por motivos imprevisto fora interrompida.

 

 

Minha terra é Padornelo

A terra onde eu nasci,

Nesta noite de São João

Eu me lembrarei de ti.

 

Ó meu rico São João

Ó meu primo marinheiro,

Passa aqui em Padornelo

Neste local pioneiro.

 

O povo de Padornelo

Está aqui em gratidão,

Neste dia de Junho

A festejar o São João.

 

Ao passar em Padornelo

Pus a mão na fechadura,

Estava lá o São João

Andava à minha procura.

 

São João era bom moço

Se não fosse tão bilhaco,

Foi a Padornelo às moças

Levou três e trouxe quatro.

 

                         LindoVerde

 

Clara da Conceição Araújo Pereira

Sobreiro – Padornelo

 

 

A festa vai começar

Em Padornelo, pois então,

Vamos todos festejar

Esta noite de São João.

 

Muita será a animação

Que ninguém tenha medo,

Que este nosso São João

Vai elevar Padornelo.

 

Neste local sem igual

Em Padornelo de eleição,

Vamos todos gritar Padornelo

Vamos festejar o São João.

 

Padornelo, bela terra

Vai festejar o São João,

Como pintura na tela

Com amor no coração.

 

Viva a nossa associação

Viva a nossa freguesia,

Que na noite de São João

Em Padornelo reine a alegria.

 

                         Josepha

 

Joana Margarida Pereira Araújo

Sobreiro – Padornelo

Temas: ,
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 05:35
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 6 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima VI

Silvina de Jesus Barbosa de Lima em 1953

Minha Mãe Silvina de Jesus Barbosa de Lima em 1953 com dois dos seus filhos, aos 25 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 11:53
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 5 de Agosto de 2006

Poema de Mãe

Porque sofres, minha Mãe, assim, desta maneira?

Dores e imenso sofrimento duma galáxia sem fim.

Carregas no corpo frágil, o cruel mastro duma ladeira

Todas as cruzes, cicatrizes, golpes horríveis, enfim.

 

E este vulto querido, estropiado, cortado, contudo,

Já sentiu o mais doloroso e supremo ignóbil calvário:

Operações, doenças, hospitais, mortificações, tudo, tudo

Inclemente tormento impiedoso, duríssimo sudário.

 

E olhando o teu tão sofrido rosto, vejo estampado

Nesses ternos olhos azuis, fico surpreso, admirado.

Não vejo medo, raiva, ódio, fraqueza, tormento ou dor!

 

Vejo sim, – como? – tamanha e simples resignação,

Calma sublime serenidade, onde esperava eu, turvação.

E compreendo, Mãe, que isso, só pode ser tamanho Amor.

 

Agosto de 1999

Temas: ,
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:05
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 4 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima V

Silvina de Jesus barbosa de Lima em 1952

Silvina de Jesus Barbosa de Lima em 1952, aos 24 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:39
Regressar ao Topo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 3 de Agosto de 2006

Poema: Mãe do Coração

Minha Mãe do coração

Para ti, meu paladino,

Escrevo esta canção;

Eu que sou peregrino

Que caminho na estrada da vida

Onde me ensinaste de menino,

Mensageira valida,

Da verdade, paz e do amor

A ser portador da justiça,

Confortar os que estão em dor

Levar afecto como premissa.

Mas neste caminho de abrolhos

Escuto gritos de angústia mortiça

Olho e já não tenho teus olhos

Para me ensinar de novo o caminho.

Falta-me a tua voz, teu carinho.

 

1 de Agosto de 2006

Temas: ,
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:31
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 2 de Agosto de 2006

Silvina de Jesus Barbosa de Lima IV

Silvina de Jesus Barbosa de Lima e Esmeralda de Jesus Barbosa em 1935

Silvina de Jesus Barbosa Lima (minha Mãe, de pé) e Esmeralda de Jesus Barbosa (minha avó) em 1935.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:15
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 1 de Agosto de 2006

Poema para a Minha Mãe

Veio o tormento da tua perda

O tormento de tu partires

No deserto dum plúvio,

Mansamente, para ser mais sofredor.

Assim como um dilúvio

Que arrasta e alonga a dor,

Tantos anos de dor rapace,

Fina sentida e disforme

Na nossa húmida face.

Morreste, foi dor enorme

No peito, um abrasão,

Sobra saudade que trespasse

Em nós, a eterna recordação.

Temas: ,
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 11:55
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Silvina de Jesus Barbosa de Lima III

Silvina de Jesus Barbosa de Lima e Esmeralda de Jesus Barbosa em 1930

Silvina de Jesus Barbosa de Lima, minha Mãe (ao colo), e Esmeralda de Jesus Barbosa, minha avó, em 1930.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 05:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|