Blogue acerca da terra, das pessoas, dos costumes e da História de PADORNELO, freguesia do concelho de Paredes de Coura, distrito de Viana do Castelo, publicado por JOFRE DE LIMA MONTEIRO ALVES.

.Capela das Angústias

.Capela do Ecce Homo

.Capela do Amparo

.Capela de Santiago

.Igreja de Santa Marinha

.Correio Electrónico

Contacto via jofrealves@sapo.pt

.Os Meus Blogues

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Artigos Recentes

. BOTIRÃO DE DEITAR NO RIO ...

. FALECEU O SR. DOMINGOS BA...

. FALECEU O ABÍLIO PEREIRA

. FALECEU A NARCISA DA LAPA

. 60 ANOS DA PRIMEIRA EDIÇÃ...

. 60 ANOS DA PRIMEIRA EDIÇÃ...

. ACORDES DE PRIMAVERA 2017

. FALECEU A ANA DAS PINÇAS

. FALECEU A SENHORA MARIA O...

. CONCURSO CONHECEI A NOSSA...

.Arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.Temas

. todas as tags

.LIGAÇÕES


.subscrever feeds

blogs SAPO
Estou no Blog.com.pt
Sexta-feira, 28 de Setembro de 2007

MONÇÃO ACOLHE 12.º ACAMPAMENTO NACIONAL DA JUVENTUDE

    O 12.º Acampamento Nacional da Juventude vai ter lugar de 4 a 7 de Outubro do presente ano, na zona mágica de Monção.


    Organizado pela Associação Cultural, Desportiva e Recreativa de Monção, este acampamento visa, acima de tudo, criar um momento de troca de experiências e conhecimentos, aliados à diversão e aventura.

 

    Esta associação juvenil tem desenvolvido várias actividades lúdicas e desportivas nos últimos anos.


    Desde essa data, que os jovens de todo o país têm demonstrado a sua enorme vontade de participar noutro Acampamento Nacional da Juventude.

 

    As razões apontadas são diversas e dispensam grandes argumentos quando se fala sobretudo de convívio entre jovens, e menos jovens de horizontes abertos e estilos de vida activos.


    Para além do convívio, os participantes reúnem-se numa das mais belas zonas do Alto Minho – Monção.

 

    De paisagens verdejantes, brisas frescas vindas do rio, de uma hospitalidade impar no país, e com o seu famoso vinho Alvarinho, Monção é sem dúvida um achado natural no norte de Portugal.


    As margens do rio que refresca Monção, vão ser o palco do 12.º Acampamento Nacional Juvenil.

 

    O programa é extenso e variado, contemplando a prática de rafting, escalada, paint-ball, BTT e muitas mais actividades que prometem subir a adrenalina dos participantes.

 

    Outra das garantias do programa é a habitual animação nocturna que contará com muita música para agitar o corpo e a mente dos campistas. Uma iniciativa a não perder!

 

PROGRAMA

Quinta-feira - dia 4 de Outubro de 2007

  • 16:00 h – Abertura da Recepção.
  • 22:00 h – Convívio no Local.

 

Sexta-feira - dia 5 de Outubro de 2007

  • 09:00 h – Alvorada.
  • 11:00 h – Abertura oficial do Acampamento.
  • 15:00 h – Percurso Pedestre "À descoberta da Vila"
  • 17:30 h – Percurso em BTT pela Ecopista.
  • 22:00 h – Convívio no Local.

 

Sábado - dia 6 de Outubro de 2007

  • 09:00 h – Alvorada.
  • 10:00 h - Abertura das Actividades Radicais:

Ø      Paint-ball

Ø      Rafting

Ø      Escalada

Ø      Tiro com Arco

  • 18:00 h – Encerramento das Actividades Radicais.
  • 20:00 h – Jantar Convívio (a cargo da Organização).
  • 22:00 h – Convívio no Local.
  • 24:00 h – Noite livre por Monção.

 

Domingo - dia 7 de Outubro de 2007

  • 10:00 h – Alvorada.
  • 11:00 h – Encerramento do Acampamento e entrega de prémios.
  • 15:00 h – Encerramento do Local.

 

Inscrições:

    Inscrições até 30 de Setembro de 2007 sem multa.


     As inscrições poderão ser efectuadas através dos seguintes contactos.


    Ficha de inscrição aqui.


    Cartaz aqui.

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 20:05
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 27 de Setembro de 2007

EMPRESA RESPONSÁVEL POR OBRA DO SANEAMENTO FOI DE FÉRIAS E NÃO VOLTOU

    Paredes de Coura foi o concelho do Alto Minho que mais investiu em redes de drenagem de águas residuais – saneamento, adjudicando as obras, praticamente em simultâneos, em dez freguesias do concelho, numa primeira fase.

 

    Mozelos viu a obra adjudicada em 31/01/2006, pelo prazo de 240 dias e Padornelo, freguesia vizinha, em 10/05/2006, com prazo de execução semelhante.

 

    Manuel da Costa Amaro, Lda., de Amarante, foi a empresa a quem a autarquia adjudicou as obras de saneamento nas freguesias de Mozelos e Padornelo, obra contratada pelos valores de 304. 009, 95 e 325. 772, 88 euros, respectivamente.


    Soube-se agora que, no início de Setembro, o responsável pela empresa informou a autarquia, por escrito, da interrupção dos trabalhos na primeira semana deste mês por motivo de férias, retomando o trabalho a partir do dia 10.


    No entanto, e conforme asseguram fontes camarárias, a empresa nunca mais recomeçava o trabalho. As obras em Mozelos e
Padornelo continuavam paradas, sem explicação por parte do empreiteiro responsável.

 

    Após diversos contactos telefónicos do técnico municipal com a empresa, a notícia do abandono da obra foi, pela mesma e de modo informal, anunciada.

 

    A empresa alegou fortes problemas financeiros e de meios físicos que a impossibilitam de prosseguir com os trabalhos. A Câmara, por seu lado, seguiu os trâmites legais e está a preparar a rescisão do contrato por incumprimento do plano de trabalho.


    Entretanto, a autarquia já adjudicou a repavimentação da EN 501 entre aquelas duas freguesias, obra actualmente em execução, e tem, em fase de preparação, o lançamento do concurso para execução dos trabalhos que ficaram pendentes, como, por exemplo, o fornecimento e colocação de estações elevatórias e a repavimentação dos troços que sofreram alguma intervenção, apurámos junto de fonte camarária.

 

Cristina Pereira

 

Notícia do jornal NOTÍCIAS DE COURA, de 25 de Setembro de 2007, edição n.º 103, p. 26

 

http://www.noticiasdecoura.com/index.php?pag=noticia_detalhes&recordID=2282

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 20:13
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007

SÊ BEM-VINDO, HUGO

    O Hugo é o mais recente morador de Padornelo. Nascido no 8 de Setembro, o robusto bebé é filho de Vânia Patrícia Guimarães Lima Fernandes, de Formariz, e de João Manuel Araújo Fernandes, de Lamarigo, Padornelo. Parabéns aos pais e toda a felicidade do mundo para o Hugo!

 

Notícia do jornal NOTÍCIAS DE COURA, de 25 de Setembro de 2007, edição n.º 103, p. 6.

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 19:58
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 25 de Setembro de 2007

PARQUE INFANTIL PRONTO E SANEAMENTO AINDA À ESPERA

    São várias as intervenções que a Junta de Freguesia de Padornelo tem levado a cabo nos últimos tempos, quer ao nível de obras, quer ao nível de prestação de serviços, tendo sempre em vista o melhoramento da qualidade de vida na freguesia.

 

    O caminho da Chousa, que liga os lugares de Sobreiro e Lamarigo, foi um dos que recentemente viram a cara lavada, com uma reconstrução bem merecida e há muito esperada.

 

    Também o caminho da Cortiça sofreu repavimentação, facilitando agora o acesso entre Lamarigo e Requião. Recentemente foi também melhorado o parque infantil do Sobreiro e dotado de equipamento infantil o parque de merendas das Angústias.

 

    Amâncio Barbosa, presidente da Junta de Freguesia não tem dúvidas que “os parques infantis são uma mais-valia quer para o convívio das crianças quer das próprias famílias”.

 

    O parque de merendas das Angústias é aliás, e de acordo com as palavras do próprio presidente, “um dos locais mais bonitos da freguesia. Foi uma obra muito bem conseguida. Ficou um lugar fantástico para se passar uma bela tarde em família”.

 

    No futuro ainda muito há a fazer, já que é objectivo de Amâncio Barbosa e da sua equipa cumprir na íntegra o plano que no início do mandato propuseram à freguesia.

 

    Os caminhos do Majoeiro e de Cima de Vila, bem como a reconstrução do caminho de acesso ao parque de merendas das Angústias devem iniciar-se em breve. O largo das Angústias, em frente à capela do lugar, é outra das prioridades da Junta de Freguesia.


    Por agora, o que realmente preocupa Amâncio Barbosa é o término das obras de saneamento. Recentemente foi informado de que a empresa responsável pelos trabalhos na freguesia havia aberto falência, sendo necessário proceder-se a novo concurso público para que outro empreiteiro possa assegurar a conclusão.

 

    “É uma situação que me preocupa bastante, dado que a maioria dos caminhos que foram destruídos para a implantação da rede de saneamento não foram reparados. É uma situação muito embaraçosa para os habitantes da freguesia, uma vez que há caminhos em que é simplesmente impossível transitar”.

 

    É o caso dos caminhos dos Tojais à Bazanca e de um troço da estrada nacional que passa pela freguesia, na qual apenas uma via está disponível à circulação.

 

    “A população queixa-se porque a situação é muito desagradável e está a prolongar-se há tempo demais. Já enviei o meu descontentamento à Câmara Municipal, que me garantiu que tudo será resolvido brevemente. Confio, e tudo o que posso pedir é um pouco de paciência aos habitantes de Padornelo”.

 

    Amâncio Barbosa lamenta ainda a situação financeira em que as juntas de freguesia são obrigadas a viver. Mais de metade do orçamento disponibilizado à Junta de Freguesia de Padornelo vai para o pagamento do funcionário a tempo inteiro, sobrando apenas cerca de 12 mil euros por ano para as restantes intervenções.


    Para breve estão também previstas algumas reparações em termos de electrificação, consideradas muito importantes pela Junta de Freguesia. Amâncio Barbosa lembra ainda que a Junta de Freguesia já dispõe de uma página na Internet, no endereço www.jf-padornelo.pt.

 

Maria João da Cunha

 

Notícia do jornal NOTÍCIAS DE COURA, de 25 de Setembro de 2007, edição n.º 103, p. 6.

 

http://www.noticiasdecoura.com/index.php?pag=noticia_detalhes&recordID=2259

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 19:58
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 24 de Setembro de 2007

FESTA DO FOLCLORE 2007 – PAREDES DE COURA

Festa do Folclore 2007 – Dia 30 de Setembro de 2007.

 

16h – Desfile dos grupos participantes.


16h 30m – Festival Folclórico (Largo do Visconde de Mozelos):

·     Grupo Etnográfico de Paredes de Coura.

·     Grupo de Dança Típica da Queimada - Melide – Grândola.

·     Grupo Folclórico «Roda Viva» - Maceira – Leiria.

·     Academia de Danças e Cantares do Norte de Portugal – Porto.

 

Organização: Associação Cultural, Recreativa, Desportiva de Paredes de Coura.



Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 22:55
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 21 de Setembro de 2007

FALECEU O INOCÊNCIO “DO GABRIEL”

    No lugar dos Capuchos, freguesia de Caparica, concelho de Almada, onde residia desde 1973, faleceu recentemente Inocêncio Alves Rodrigues, “o Inocêncio do Gabriel”, aos 73 anos de idade.

 

    Nascera na Valinha, lugar da freguesia de Padornelo, a 3 de Setembro de 1934, quarto filho de Gabriel Pereira Rodrigues e de Glória Alves, família muito conhecida e estimada na freguesia e no concelho, a qual mais tarde, em 1942, fixou residência no lugar da Feteira, freguesia de Paredes de Coura.

 

    Casara na igreja paroquial de Nossa Senhora do Monte de Caparica, Almada, a 7 de Janeiro de 1973, com Clara Luísa Henriques Rodrigues, e era irmão de Maria de Lurdes Alves Rodrigues, casada com Laurentino Rodrigues Pereira, “o Tiné”, residentes em Mozelos; José Alves Rodrigues, “o Zé do Gabriel”; Esmeralda Alves Rodrigues de Sousa, moradora no Brasil; Adelaide Alves Rodrigues, residente em França; João Baptista Alves Rodrigues, já falecido; Júlio Alves Rodrigues; e Inácio Alves Rodrigues, já falecido.

 

    Era parente, entre outros, de Alfredino Alves Monteiro, do lugar de Senrelas, Jorge Monteiro Alves, do lugar de Porto de Várzea, e de Ilídio Monteiro Alves.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 05:01
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2007

ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS TERRITÓRIO EDUCATIVO DE COUR

INÍCIO ANO LECTIVO 2007/2008: Associação reúne pais para analisar problemas

 

    Os horários dos alunos da Escola Básica Integrada de Paredes de Coura e o transporte das crianças e jovens que frequentam aquela escola e também a EB 2.3/S são alguns dos temas a ser abordados na próxima assembleia geral da Associação de Pais e Encarregados de Educação de Paredes de Coura (APAETEC), agendada para o próximo dia 29 de Setembro. A reunião, que tem início marcado para as 21 horas, vai ser levada a efeito nas instalações da Junta de Freguesia de Paredes de Coura.

 

    Este encontro surge depois de um início de ano lectivo marcado pelas críticas de muitos pais dos alunos da EBI de Paredes de Coura em relação aos horários que foram definidos para aquele estabelecimento de ensino. Em causa está o facto de, este ano, os alunos terem as actividades lectivas interrompidas por actividades de enriquecimento curricular, situação que tem merecido desta Associação, bem como de muitos pais isolados, diversas críticas.

 

    “Não faz sentido estar a ocupar o melhor período do dia, onde é reconhecido que as crianças estão mais abertas à aprendizagem, com actividades de enriquecimento curricular, deixando para segundo plano matérias curriculares como o Português ou a Matemática”, refere, a propósito, o presidente da Associação de Pais.

 

    Além disso, a Associação de pais contesta também o facto de as actividades de enriquecimento curricular terem sido colocadas entre dois períodos de actividades curriculares, cortando desta forma a continuidade do ensino.

 

    “Sabemos que o Conselho Executivo tem legitimidade para agir desta forma, mas achamos que nestas situações é preciso agir também com bom senso”, acrescenta o mesmo responsável.

 

    Outro aspecto a merecer críticas dos pais, e que já não é de agora, prende-se com o conceito de escola a tempo inteiro que está instituído em Paredes de Coura.

 

    A Associação concorda com a existência de actividades de enriquecimento curricular até às 17.30 horas e uma escola aberta até às 18.30 horas, mas defende que esta deve ser uma alternativa à escolha dos pais e que aqueles que a não desejassem deveriam ter hipótese de fazer regressar os filhos a casa depois das 15.30 horas.

 

    Um cenário que os horários indicados para este ano não permitem, mas que passaria também pela manutenção de dois serviços de transporte da parte da tarde, à semelhança do que aconteceu no primeiro ano de actividade da Escola Básica Integrada.

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 22:14
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 19 de Setembro de 2007

NOTÍCIAS BREVES: CASAMENTOS

    No dia 18 de Agosto de 2007 na igreja matriz de S. Pedro Fins de Parada, realizou-se o casamento de António José Alves de Sousa, filho de Simão de Sousa e de Maria Fernanda de Sá Alves, moradores no Sobreiro, lugar da freguesia de Padornelo, com Marlene Fernandes Pereira de Sousa, filha de Manuel de Sousa Pereira e de Maria de Lurdes Fernandes Barbosa, do lugar de Vila de Cima, freguesia de Parada. O novo casal vai fixar residência no lugar do Sobreiro, Padornelo.

 

    No dia 19 de Agosto de 2007, na igreja paroquial de S. João Baptista de Rio Frio, concelho de Arcos de Valdevez, realizou-se o casamento de Paulo Pereira Rodrigues, filho de Fernando Pedrosa Rodrigues e de Maria Custódia da Costa Pereira, moradores nas Angústias, Padornelo, com Guiomar de Barros Pereira, filha de Ilídio Dantas Pereira e de Rosa Dantas de Barros, do lugar de Gondião, freguesia de Rio Frio, concelho de Aros de Valdevez. O casal fixou residência nas Angústias, lugar da freguesia de Padornelo.

 

    No dia 25 de Agosto de 2007 na capela do Senhor Ecce Homo, de Padornelo, realizou-se o casamento de Manuel Fernando Barbosa de Sá, filho de Aristides Pereira de Sá e de Esperança Barbosa da Cunha, moradores no lugar da Valinha, Padornelo, com Dalila Maria Sardinha da Cunha, filha de Albino Gonçalves da Cunha e de Maria Ascensão Sardinha, natural da freguesia de Porto Moniz, ilha da Madeira. O casal está emigrado em Inglaterra. No mesmo acto foi baptizado a sua filha Stephanie Sardinha de Sá.

 

    No dia 25 de Agosto de 2007 na capela do Senhor Ecce Homo, Padornelo, realizou-se o casamento de Ilídio Ferreira Barbosa, filho de Telmo Barbosa e de Aurora Pereira Ferreira, da freguesia de Porreiras, com Aurora Fernanda de Sá Barbosa, filha de Ilídio Barbosa de Sá e de Libéria da Silva Lopes, de Cima de Vila, lugar da freguesia de Padornelo. O casal fixou residência no lugar de Cima de Vila, Padornelo.

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 21:42
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 18 de Setembro de 2007

NOTÍCIAS BREVES: BAPTIZADOS

    No dia 19 de Agosto de 2007, na igreja paroquial de Nossa Senhora da Natividade do Extremo, Arcos de Valdevez, foi baptizada a menina Léa Fernandes, nascida em Abril de 2007 em Orleans, França, filha de Joaquim Manuel Rodrigues Fernandes, de Padornelo, e de Maria de Lurdes Gonçalves Fernandes, moradores em França.

 

    No dia 25 de Agosto de 2007, na capela do Senhor Ecce Homo, Padornelo, foi baptizada a menina Stephanie Sardinha de Sá, nascida em Novembro de 2005, filha de Manuel Fernando Barbosa de Sá, da Valinha, Padornelo, e de Dalila Maria Sardinha da Cunha, de Porto Moniz, ilha da Madeira.

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 21:38
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 17 de Setembro de 2007

FALECEU A “TIA LENA DO PRESIDÉRIO”

    No dia 11 de Agosto de 2007, no Lar de Idosos de Mozelos, faleceu Helena dos Prazeres de Araújo, a “tia Lena do Presidério”, nascida a 26 de Maio de 1919 na freguesia de Parada, filha de António Fernandes de Pádua e de Leopoldina de Araújo. Era viúva de Presidério Dantas e mãe de Maria de Jesus, António, Natália, Fernando, Manuel e Dulcídio de Araújo Dantas. O funeral realizou-se a 12 de Agosto para o cemitério da freguesia de Parada.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 21:33
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 15 de Setembro de 2007

PADORNELO NO CORTEJO ETNOGRÁFICO DAS FESTAS DO CONCELHO 2007 – 3

Padornelo no Cortejo Etnográfico das Festas do Concelho 2007

Participação de Padornelo no Cortejo Etnográfico, durante as Festas do Concelho, em Agosto de 2007. [Cortesia de Eduardo Daniel Cerqueira].

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 04:04
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 14 de Setembro de 2007

PADORNELO NO CORTEJO ETNOGRÁFICO DAS FESTAS DO CONCELHO 2007 - 2

Padornelo no Cortejo Etnográfico das Festas do Concelho 2007

Participação de Padornelo no Cortejo Etnográfico, durante as Festas do Concelho, em Agosto de 2007. [Cortesia de Eduardo Daniel Cerqueira].

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 05:19
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 13 de Setembro de 2007

PADORNELO NO CORTEJO ETNOGRÁFICO DAS FESTAS DO CONCELHO 2007

Padornelo no Cortejo Etnográfico das Festas do Concelho 2007

Participação de Padornelo no Cortejo Etnográfico, durante as Festas do Concelho, em Agosto de 2007. [Cortesia de Eduardo Daniel Cerqueira].

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 05:10
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 11 de Setembro de 2007

MATANÇA DO PORCO

    No fim-de-semana de 25 e 26 de Agosto realizou-se mais uma matança do porco, desta vez a cargo das confrarias de S. Tiago, Padornelo e Parada.


    No sábado à tarde foi a vez dos preparativos, matou-se o porco e adiantou-se as tarefas para o domingo. Neste dia foi servido uma tradicional rojoada para cerca de 130 pessoas.

 

    O caldo da matança, uns deliciosos rojões com batatas e belouras, acompanhado de arroz de sarabulho foi a ementa escolhida. Não falhou o arroz doce e, claro, o café com aguardente, para quem aprecia. Parabéns pela iniciativa pois este local pitoresco apela a este tipo de convívios!

 

Jorge Lima

Joana Pereira

 

Notícia do jornal NOTÍCIAS DE COURA, edição n.º 102, de 11 de Setembro de 2007, página 8.

 

http://www.noticiasdecoura.com/index.php?pag=noticia_detalhes&recordID=2221

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 19:07
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

DOIS CASAMENTOS E UM BAPTIZADO

    Como é hábito, Agosto é o mês dos casamentos! Padornelo não foi excepção e foram alguns os casais que contraíram matrimónio.

 

    No dia 25 de Agosto, pelas 11 horas, na igreja do Ecce Homo, Manuel Fernando Barbosa de Sá, natural da Valinha, e Dalila Sardinha, natural da ilha da Madeira, uniram as suas vidas.

 

    Além de o casamento ser um momento muito importante, para este casal foi ainda mais especial pois baptizaram a sua segunda filha, Stephanie Sardinha Sá.

 

    Após o casamento, noivos, família e amigos seguiram para o restaurante Stop 2 onde se realizou o banquete. Este casal está emigrado em Londres, Inglaterra, no entanto, escolheram Padornelo para este dia importante!


    Também no dia 25 de Agosto, na igreja do Ecce Homo, pelas 14 horas, foi a vez de Aurora Fernanda de Sá Barbosa, natural das Angústias, unir a sua vida a Ilídio Ferreira Barbosa, natural das Porreiras.

 

    Uma cerimónia íntima e elegante que continuou no restaurante Braseirão do Minho, onde todos se deliciaram com o banquete servido. O casal fixou residência no Lugar das Angústias, desta freguesia. Parabéns a todos e votos de muitas felicidades!

 

Jorge Lima

Joana Pereira

 

Notícia do jornal NOTÍCIAS DE COURA, edição n.º 102, de 11 de Setembro de 2007, página 8.

 

http://www.noticiasdecoura.com/index.php?pag=noticia_detalhes&recordID=2221

 Stephanie Sardinha de Sá A pequena Stephanie Sardinha de Sá.

                    

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 19:01
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 8 de Setembro de 2007

GRUPO DE ZÉS-P'REIRAS DE PADORNELO

Grupo de Zés P'reiras de Padornelo

Tocador de bombo do Grupo de Zés-P’reiras "Os Amigos da Farra", de Padornelo, na festa da Senhora do Livramento, Formariz, em Julho de 2007. [Fotografia de Ana Luísa Guerreiro].

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 6 de Setembro de 2007

FALECEU O ANTIGO PÁROCO DESTA FREGUESIA, PADRE JOÃO ALVES RIBEIRO

    A notícia caiu na manhã de sexta-feira, 10 de Agosto [de 2007], quando já decorria a festa em honra de Nossa Senhora das Dores [freguesia de Rio de Moinhos, concelho de Arcos de Valdevez].

 

    Num primeiro tempo ainda se pensou tratar de uma brincadeira de mau gosto mas, infelizmente, era verdade: o Padre João tinha falecido durante a noite.

 

    O Padre João como todos os seus paroquianos lhe chamavam faleceu, provavelmente durante a noite do dia 10 na sua residência, como foi sempre o seu desejo e Deus concedeu-lhe essa vontade.

 

    O Padre João nasceu em 1935 e tinha 72 anos de idade. Já há vários anos travava uma luta constante com a doença que o acompanhava, mas nunca se deu por vencido, recusando por várias vezes o internamento hospitalar que seus familiares e outras pessoas lhe recomendavam com insistência mas só o fez por algumas vezes quando se sentia no extremo das suas forças, como foi o caso deste seu último internamento no Hospital de Ponte de Lima.

 

    Ele tinha regressado recentemente a casa, vindo deste centro hospitalar onde esteve algum tempo, mas suplicava que queria falecer na sua residência e ser sepultado junto do povo que ele acompanhou durante cerca de trinta e cinco anos.

 

    O Padre João Alves Ribeiro serviu a Igreja Católica durante quarenta e cinco anos, começando por servir as freguesias de Mozelos e Padornelo, no vizinho concelho de Paredes de Coura, antes de assumir o cargo de Capelão no Ultramar e de pároco desta freguesia, tendo ainda a freguesia vizinha de Aguiã [Arcos de Valdevez] sobre a sua responsabilidade e também a freguesia de Aboim das Choças [Arcos de Valdevez] até 2003.

 

    Devido já aos problemas de saúde teve que a abandonar ficando assim só com Aguiã e Rio de Moinhos [Arcos de Valdevez].

 

    Era homem de excelente coração, humilde e muito estimado por todos pois nunca impôs aos seus paroquianos um montante fixo para com ele, aceitando apenas honestamente o que lhe davam, e certamente por essa razão faleceu relativamente pobre mas com muita dignidade.

 

    Viveu estes últimos anos em condições que podemos dizer quase precárias não porque sua família, diversas pessoas da freguesia, o Presidente de Junta [de Freguesia de Rio de Moinhos] e ainda o próprio Bispo da Diocese de Viana do Castelo, por várias vezes, não tivessem tentado dar-lhe melhores condições de vida, aconselhando-o a retirar-se numa casa de repouso, mas o Padre João ia recusando categoricamente tudo que se lhe propunha e dizia que era assim que queria viver até morrer, junto à sua Igreja e no meio do seu povo.

 

    Por várias vezes me confiou pessoalmente que o seu receio era falecer num hospital ou noutro qualquer lugar e não o trouxessem para a Igreja e cemitério da freguesia, mas como atrás já referi Deus escutou-o e o seu povo cumpriu a sua vontade.

 

    O seu corpo esteve em câmara ardente nesta Igreja, onde foram celebrados os actos religiosos, pelo Bispo da Diocese de Viana do Castelo, acompanhado pelo Arcipreste do Concelho de Arcos de Valdevez e o Dr. Padre Manuel Saraiva e ainda cerca de vinte e cinco sacerdotes que lhe quiseram prestar uma última homenagem.

 

    Estiveram presentes, igualmente, outras individualidades da Igreja Católica, assim como o Dr. Francisco Araújo, Presidente da Câmara Municipal [de Arcos de Valdevez], o Dr. Rui Henrique Ribeiro Rodrigues Alves, Presidente da Assembleia Municipal [de Arcos de Valdevez] e seu sobrinho, e diversos vereadores da mesma câmara municipal e ainda presidentes de Juntas de Freguesia, sendo as freguesias de Mozelos e Padornelo e Aguiã também aqui representadas, esta ultima pela confraria, presidente de Junta e todos os restantes elementos da mesma junta.

 

    Foi tornado publico, igualmente, pelo senhor Bispo que enquanto não houver a nomeação de um novo sacerdote para esta paróquia, ela será administrada, assim como a freguesia vizinha de Aguiã, pelo Dr. Padre Manuel Saraiva, ele que já vinha desde alguns anos ajudando muito o Padre João nas suas tarefas que se tornavam dia a dia mais difíceis.

 

    Era irmão de D. Margarida Ribeiro, casada com João Fernandes; prof.ª D. Aurora Ribeiro, casada com Justino Domingues; prof. Dr. José Inácio A. Ribeiro, casado, com a prof.ª D. Maria Manuel Pinto Ribeiro; Padre Dr. Eduardo Ribeiro, presidente do Tribunal Eclesiástico de Viana do Castelo; D. Maria da Conceição A. Ribeiro, casada com Manuel da Silva Pimenta e da prof.ª D. Deolinda Alves Ribeiro, casada com Laureano Rodrigues Alves.

 

    Depois desta ultima homenagem, foi sepultado com grande acompanhamento naquela que será a sua eterna residência, como ele sempre o suplicou, neste mesmo cemitério de Rio de Moinhos.

 

    A população das freguesias de Rio de Moinhos, Aguiã, Mozelos e Padornelo, assim como toda a família, vem, por este único meio, agradecer a todos que estiveram presentes nestes momentos de dor e que ofereceram missas, flores, e assistiram às cerimónias religiosas celebradas em sua intenção, e o acompanharam até à sua última morada. Paz à sua alma.

 

Notícia do jornal Notícias dos Arcos, citada pelo sítio Arcos Digital – Portal de Arcos de Valdevez, de 6 de Setembro de 2007

 

http://arcosdigital.com/pt/index.php?option=com_content&task=view&id=731&Itemid=1

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 15:49
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 2 de Setembro de 2007

RIFONEIRO DE COURA: a Sabedoria Popular - XVIII: O Sol

  • À porta do avarento, Sol alto e mar dentro.

 

  • A um pôr-do-sol de magia, seguir-se-á noite fria.

 

  • Agosto dá o sol no rosto.

 

  • Alcaide e sol, por onde quer entram.

 

  • Amizade de genro, sol de Inverno.

 

  • Antes se adora o Sol Nascente, que o Sol poente.

 

  • Arco-da-velha ao Sol nado, água antes de tirar o gado.

 

  • Cerco de sol, molha o pastor.

 

  • Debaixo do sol, nada é novo.

 

  • Do rei e do sol, quanto mais longe melhor.

 

  • Em Agosto dá o sol pelo rosto.

 

  • Em Fevereiro entra o sol em qualquer riqueiro.

 

  • Formosa sem amor e sol em Janeiro, andam sempre atrás do outeiro.

 

  • Luar de Janeiro, sol de Julho.

 

  • Manhã na baixa, sol que racha.

 

  • Março marçagão, manhã de sol, à tarde cara de cão.

 

  • Não há sábado sem sol, nem domingo sem missa, nem segunda sem preguiça.

 

  • Não há sol como o de Maio, luar como o de Janeiro, nem cravo como o regado, nem amor como o primeiro.

 

  • Não há sol sem sombra.

 

  • Natal ao sol, Páscoa ao fogo, fazem o ano formoso.

 

  • Nossa Senhora da Conceição faça sol e chuva não.

 

  • Novembro põe tudo a secar, pode o sol não tornar.

 

  • O rei é como o sol, quanto vê, alenta.

 

  • Pela Senhora da Ajuda, às sete horas o Sol é posto.

 

  • Quando muito arde o sol, nem mulher, nem carnes, nem caracol.

 

  • Quem dormir ao sol de Agosto, passa por desgosto.

 

  • Sol claro no poente, boa está a noite e a manhã excelente.

 

  • Sol coalheiro não engana cabreiro.

 

  • Sol de Agosto, calor de gostos.

 

  • Sol de Inverno, tarde sai e cedo vai.

 

  • Sol de Inverno, sai tarde e põe-se cedo.

 

  • Sol de Janeiro anda sempre atrás do outeiro.

 

  • Sol de Janeiro nasce tarde e põe-se cedo.

 

  • Sol de Junho amadura tudo.

 

  • Sol de Junho madruga muito.

 

  • Sol de Março, queima a dama no paço.

 

  • Sol de nevoeiro pica como tojeiro.

 

  • Sol e chuva, casamento de viúva.

 

  • Sol frio, água no rio.

 

  • Sol na eira, chuva no nabal.

 

  • Sol que joga às escondidas, chuva à tarde.

 

  • Sol que muito madruga, pouco dura.

 

  • Sol vermelho no poente, esta noite boa e amanhã excelente.

 

  • Tal genro, como tal sol.

 

  • Trás da névoa vem o sol.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 19:02
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|