Blogue acerca da terra, das pessoas, dos costumes e da História de PADORNELO, freguesia do concelho de Paredes de Coura, distrito de Viana do Castelo, publicado por JOFRE DE LIMA MONTEIRO ALVES.

.Capela das Angústias

.Capela do Ecce Homo

.Capela do Amparo

.Capela de Santiago

.Igreja de Santa Marinha

.Correio Electrónico

Contacto via jofrealves@sapo.pt

.Os Meus Blogues

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.Artigos Recentes

. LIMITES DA FREGUESIA DE P...

. BOTIRÃO DE DEITAR NO RIO ...

. FALECEU O SR. DOMINGOS BA...

. FALECEU O ABÍLIO PEREIRA

. FALECEU A NARCISA DA LAPA

. 60 ANOS DA PRIMEIRA EDIÇÃ...

. 60 ANOS DA PRIMEIRA EDIÇÃ...

. ACORDES DE PRIMAVERA 2017

. FALECEU A ANA DAS PINÇAS

. FALECEU A SENHORA MARIA O...

.Arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.Temas

. todas as tags

.LIGAÇÕES


.subscrever feeds

blogs SAPO
Estou no Blog.com.pt
Sexta-feira, 30 de Novembro de 2007

FESTIVAL DA CANÇÃO 2007

    Dia 29 de Dezembro de 2007 vai realizar-se no Centro Cultural de Paredes de Coura o 3.º Festival da Canção Courense. À semelhança das edições anteriores, a organização espera um festival concorrido e de qualidade.

 

    O Grupo de Jovens de Padornelo e Parada e a Magda Pinto foram já consagrados com o prestigiante e ambicioso primeiro lugar. Para este ano a expectativa é grande.

 

    As inscrições estão aberta e poderão ser entregues no Centro Cultural de Paredes de Coura ou na sede da Associação Cultural de Paredes de Coura, onde poderão encontrar o regulamento e mais informações.

 

    A organização apela a todos os courenses que participem neste evento, cantando ou apoiando os seus artistas.

 

Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Paredes de Coura

 

José Eduardo Marinho Nogueira

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 18:17
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

NASCEU O AFONSO DANTAS

    No passado dia 23 de Setembro de 2007, em Moreira da Maia, nasceu o Afonso Dantas Madureira, filho de Hélder José Madureira e de Armanda Manuela de Araújo Dantas, do lugar dos Tojais, freguesia de Padornelo.

 

    O recém-nascido é neto pela via materna dos nossos conterrâneos Armando Manuel Dantas e de Dulcinda Aurora de Araújo Dantas.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 18:14
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 29 de Novembro de 2007

FALECEU A LANDINA “DO CARMONA”

    No passado dia 3 de Novembro de 2007, no Hospital de S. João, cidade do Porto, faleceu a Landina Barbosa, “a Landina do Carmona”, de 62 anos de idade, natural de Padornelo, moradora em Cerdal, freguesia do vizinho concelho de Valença.

               

    Nascera no Sobreiro, lugar da freguesia de Padornelo, a 14 de Abril de 1945, era casada com Moisés Esteves, e mãe de Luciano, Paula Cristina e Adília Barbosa Esteves. Foi sepultada no cemitério de Cerdal, Valença, a 4 de Novembro.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 18:05
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007

OLHARES SOBRE PADORNELO I - As malgas estão prontas

As malgas estão prontas, falta o conteúdo

As malgas estão prontas, falta somente o conduto. Venha a festa, a gastronomia também é cultura.

                            

[Fotografia de Eduardo Daniel Cerqueira, que pode ser vista aqui http://olhares.aeiou.pt/galeriasprivadas/browse.php?user_id=95702&id=91876].

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 16:41
Regressar ao Topo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 27 de Novembro de 2007

Faleceu Laurentino Pereira

    No passado dia 20 de Novembro de 2007, no Centro Hospitalar do Alto Minho – Hospital do Conde de Bertiandos, em Ponte de Lima, faleceu o Laurentino Rodrigues Pereira, "o Tiné", de 80 anos de idade, natural e morador em Afe, lugar da freguesia de Mozelos, onde nascera a 28 de Janeiro de 1927.

 

    Estava ligado à nossa freguesia por laços de casamento, pois a sua mulher Maria de Lurdes Alves Rodrigues, “Maria do Gabriel”, era natural de Padornelo, filha de Gabriel Pereira Rodrigues e de Glória Alves, da família dos “Inocêncios”. Deixa dois filhos: Gabriel Rodrigues Pereira e Maria Luísa Rodrigues Pereira. Foi sepultado no cemitério de Mozelos.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 17:47
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

FALECEU JOSÉ LUÍS DE SÁ

    José Luís de Sá, "o Zé das Caseiras", também conhecido como “Zé Sapateiro”, de 85 anos de idade, natural de Parada, morador em Padornelo, faleceu no Centro Hospitalar do Alto Minho – Hospital Distrital de Viana do Castelo, no passado dia 14 de Novembro de 2007.

              

    Nascera na vizinha freguesia de Parada a 7 de Agosto de 1922. Teve durante muitos anos uma oficina de sapateiro no lugar dos Tojais.

                                                                                                 

    Era casado com a Gracinda Fernandes da Cunha, “Gracinda das Caseiras”, e deixa nove filhos: Rosa Isabel, Joaquim, Maria Amélia, Carminda, Arnaldo, Maria Augusta, Rosa Clara, Maria Manuela e Maria Helena.

            

    Foi sepultado no cemitério da freguesia de Padornelo a 15 de Novembro.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 17:45
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

NASCEU A PATRÍCIA LIMA

    No passado dia 3 de Novembro do corrente ano de 2007 na maternidade do Centro Hospitalar do Alto Minho – Hospital Distrital de Viana do Castelo, nasceu a pequena Patrícia Micaela Dantas de Lima, com três quilos e meio, filha de Silvino Trindade de Lima e de Zulmira Rosa de Araújo Dantas, moradores nos Tojais, lugar da freguesia de Padornelo.

 

    A neófita é neta por via paterna de Manuel Barbosa de Lima e de Maria Augusta da Silva Trindade, residentes nas Angústias, e neta materna de Armando Manuel Dantas e de Dulcinda de Araújo Dantas, sendo irmã de Cristiano, actualmente com 14 anos de idade.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 17:42
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

CAMINHADA, CASTANHAS E VINHO

    No dia de S. Martinho, a Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Padornelo aliou os festejos deste dia ao desporto tendo-se realizado um peddy-papper ao longo da freguesia.

 

    O peddy-paper contou com a participação de 7 equipas, cada uma com quatro elementos. Durante o percurso indicado as equipas foram confrontadas com perguntas de observação, cultura geral, questões sobre Padornelo e as suas gentes, provérbios relacionados com S. Martinho, adivinhas e charadas.

 

    No final, para concluir a prova cada equipa teve que dar mostras dos seus dotes futebolísticos. Todos os participantes receberam uma pequena lembrança.

 

    Após saber as classificações todos se reuniram na sede da Associação para comer umas castanhas quentinhas, beber um bom vinho e deliciar-se com uma tijela de caldo verde.

 

    Parabéns a todos os que participaram e à Associação por não ter deixado passar este dia em branco!

 

Jorge Lima

Joana Pereira

 

Notícia do jornal NOTÍCIAS DE COURA, de 27 de Novembro de 2007, edição 107, página 7.

 

http://www.noticiasdecoura.com/index.php?pag=noticia_seccao&pag=noticias_seccao&recordID=18&todas

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 17:40
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

IDOSA VIVEU NUM PALHEIRO COM 15 MIL EUROS ESCONDIDOS

    Uma septuagenária natural e moradora em Padornelo viveu quase um mês num campo de Cabanela, lugar da freguesia de Paredes de Coura, albergando-se num palheiro, que ela própria terá feito com medas de milho.

 

   A nossa reportagem visitou o local, testemunhando o esconderijo onde a idosa dormiu e apurando que guardava nas roupas que vestia vários vales de reforma que totalizavam mais de 15 mil euros.

 

    Uma moradora da vila, que por ali passou, ficou espantada como a senhora conseguiu sobreviver às noites de frio, “com as roupas do corpo e pouco mais”.

 

    “Foi um espanto quando descobri que escondia tanto dinheiro, o que só aconteceu quando a GNR a foi buscar ao local, e nem sei como ela se alimentou naquele tempo todo”, contou a mesma testemunha.

 

    Havia quem visse a senhora, que fugiu de sua casa em Padornelo, a passar todos os dias em direcção ao palheiro de Cabanela “com uns farrapos vestidos e sem falar a ninguém”.

 

    Até que avisaram as autoridades e a Junta local, que de acordo com as mesmas pessoas, de imediato agiram no sentido de acudir à “sem-abrigo”.


    O NC soube ainda que os serviços sociais da autarquia apuraram que a fuga da mulher de sua casa não está relacionada com maus-tratos, tratando-se de um quadro clínico de “confusão mental”.


    Depois de levada pelas autoridades competentes ao Centro Hospitalar do Alto Minho, onde permaneceu algum tempo em observações, a idosa encontra-se agora a viver no Lar da Santa Casa da Misericórdia de Paredes de Coura.

 

Vaz de Sousa

 

Notícia do jornal NOTÍCIAS DE COURA, de 27 de Novembro de 2007, edição n.º 107, página 7.

 

http://www.noticiasdecoura.com/index.php?pag=noticia_detalhes&recordID=2371

               

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 17:37
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 26 de Novembro de 2007

Alteração dos Estatutos da ACRDP

    Os estatutos da nossa Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Padornelo definiam que os corpos sociais deveriam ser constituídos por oito associados.

 

    Por essa razão houve necessidade de realizar uma Assembleia Geral Extraordinária, com o objectivo de se proceder à alteração dos Estatutos, uma vez que, de acordo com o Código Civil, artigo 162.º, determina que «os estatutos da pessoa colectiva designarão os respectivos órgãos, entre os quais haverá um órgão colegial de administração e um conselho fiscal, ambos eles constituídos por um número impar de titulares, dos quais um será o presidente».

 
    Assim, no passado dia 20 de Novembro de 2007 a Associação deslocou-se à Conservatória do Registo Civil, Predial e Comercial e Cartório Notarial de Paredes de Coura a fim de proceder à alteração em questão.

 

    Compunham a delegação da ACRDP os dirigentes Carla C. Soares Lima, José Luís V. Barbosa, Fernando A. de Sá e Silva, M. Luísa Barbosa de Sá, M.ª do Céu S. da Cunha Pereira e José C. Meneses dos Santos.

           

Dircetores da ACRDP em Novembro de 2007

[Fotografia: gentileza de Fernando Abílio de Sá e Silva].

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 16:41
Regressar ao Topo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007

Vídeo: Capela do Amparo

Capela de Nossa Senhora do Amparo, no Sobreiro, lugar da freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, construída no século XVII e restaurada no século XVIII. Vídeo filmado em Agosto de 2007, tendo como banda sonora o tradicional «Vira Velho», cantado por Adriano Correia de Oliveira.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 08:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

II Peddy Papper “Nos Trilhos de Padornelo”

Equipa vencedora do II Peddy Papper Nos Trilhos de Padornelo 2007

    O II Peddy Papper “Nos Trilhos de Padornelo” realizou-se no dia 11 de Novembro de 2007, integrado nas comemorações do dia de São Martinho, ao qual aderiram cerca de três dezenas de pessoas, que palmilharam um percurso que os levou a conhecer melhor a história de Padornelo, a observar tudo o que os rodeou de uma forma mais atenta.

 

    No final todos foram unânimes em considerar esta experiência como deveras positiva e todos os concorrentes chegaram à conclusão que esta iniciativa muito contribui para um melhor conhecimento da freguesia.

 

    Venceu a equipa formada pelo David, a Márcia, o Luís e a Marlene. Parabéns aos participantes, ao grupo vencedor e à Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Padornelo, por este magnifico evento. [Fotografia de Fernando Abílio de Sá e Silva].

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 20:15
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

PADORNELENSE FAZ PARTE DE CONJUNTO MUSICAL

    Foi recentemente constituído em Paredes de Coura um novo agrupamento musical, sob a designação de “Irmãos e Amigos”, formado pelo vocalista Moisés, de Padornelo, e cinco irmãos da freguesia de Infesta, filhos de João Rodrigues, antigo músico: Eduardo, Manuel, Miguel, Paulo e Vítor.

 

   O conjunto tem um diversificado reportório baseado em cantigas tradicionais minhotas, e os seus membros tocam vários instrumentos, como o bombo, o cavaquinho, a concertina, os ferrinhos, a pandeireta, e o reco-reco.

 

    O recém-formado grupo musical ainda recentemente actuou na festa do magusto, no “Café da Valsa”, em Infesta, no passado dia 4 de Novembro de 2007.

 

    Os eventuais interessados podem contactar o agrupamento através do telemóvel 914420028.

                 

Conjunto musical Irmãos e Amigos

[Fotografia: gentileza de Eduardo Bastos].

                                     

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 21:15
Regressar ao Topo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

O Vídeo PADORNELO EM FESTA foi visto mil vezes

    O vídeo PADORNELO EM FESTA, gravado a 18 de Março de 2007, durante as comemorações do XX aniversário da ACRDP, e colocado no You Tube há oito meses, alcançou agora as mil visitas, insignificante no contexto da Internet, mas significativo no âmbito da nossa freguesia. Para assinalar o facto – visto e escutado pela milésima vez –, colocamo-lo novamente no blogue.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 20:20
Regressar ao Topo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

PASSEIO DE CICLOTURISMO À PENEDA

    A Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Padornelo vai organizar um passeio de bicicleta ao Santuário de Nossa Senhora da Peneda, a ter lugar no próximo dia 8 de Dezembro de 2007.

 

    Os eventuais interessados devem contactar os seguintes directores:

  • Dr.ª Carla Cristina Soares de Lima: 961678365;
  • Fernando Abílio de Sá e Silva: 919185591.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 16:31
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

FALECEU A PROFESSORA D. MARIA JOSÉ R. E. P. DE SÁ

    No passado dia 2 de Novembro de 2007 faleceu em Valença a professora D. Maria José Ribeiro Esteves Pereira de Sá, de 55 anos de idade, natural de Moreira, freguesia do concelho de Monção.

 

    Formou-se em Braga com o Curso do Magistério Primário, e iniciou a sua carreira docente em 1971 na freguesia de Miranda, concelho de Arcos de Valdevez, sendo transferida para Linhares no ano lectivo de 1977, passando posteriormente pelas escolas de Cerdeira (Cunha), Vascões, Parada e Padornelo.

 

    Leccionava na actual Escola Básica Integrada de Paredes de Coura, após o encerramento dos estabelecimentos de ensino das freguesias. Foi sepultada no cemitério de Moreira, Monção.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 16:17
Regressar ao Topo | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

PASSEIO DO GRUPO CORAL

    No dia 27 do mês passado [de Outubro de 2007], realizou-se o habitual convívio do Grupo Coral de Padornelo. Este ano os elementos do grupo foram até ao país vizinho, mais concretamente visitaram a ilha A Toxa.

 

    Passearam pela ilha visitando os principais pontos turísticos. Da parte da tarde, deslocaram-se a Grove, onde deram um bonito passeio de barco, deliciando-se aí com uns saborosos mexilhões. O passeio terminou com uma visita ao Aquário da Galiza.

 

    Um passeio merecido para quem durante todo o ano anima as eucaristias da nossa paróquia.

 

Jorge Lima

Joana Pereira

 

Notícia do jornal NOTÍCIAS DE COURA, de 13 de Novembro de 2007, edição n.º 106, página 16.

 

http://www.noticiasdecoura.com/index.php?pag=noticia_detalhes&recordID=2352

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 16:15
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

PAREDES DE COURA: DESAPARECEU COM MAIS DE 15 MIL EUROS

    Uma mulher com cerca de 70 anos de idade escondeu-se durante mais de um mês num campo, abrigando-se numa espécie de palheiro, entre um monte de medas de milho, no lugar de Cabanela, em Paredes de Coura.

 

    Quando foi encontrada, tinha escondido junto ao corpo dezenas de vales de reforma, que nunca levantou, no valor que ultrapassava os 15 mil euros.

 

    A septuagenária, que residia em Padornelo terá fugido de casa e encontrava-se a viver naquele local, sem qualquer tipo de condições.

 

    “Ela tinha a roupa do corpo e pouco mais, ninguém sabe como conseguiu sobreviver ao frio da noite e como se alimentou durante todo este tempo”, disse uma moradora local.

 

    Os serviços sociais da autarquia adiantaram que não haverá grandes explicações para o sucedido. A idosa fugiu da sua habitação e abrigou-se naquele local.

 

    A senhora não foi vítima de maus tratos familiares, mas apresentava sinais de confusão mental. Está agora alojada na Santa Casa da Misericórdia da Vila

 

C.A.V.

 

Notícia do jornal CORREIO DA MANHÃ, de 12 de Novembro de 2007, página 10.

 

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 18:05
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 10 de Novembro de 2007

A HISTÓRIA, A LENDA E OS PROVÉRBIOS DE S. MARTINHO

S. Martinho na História

    S. Martinho de Tours ou simplesmente S. Martinho, nasceu na Panónia, actual território da Hungria, no ano de 316, filho dum oficial do exército romano.

 

    Aos 16 anos de idade, sendo já catecúmeno – aquele que se prepara e instrui para o baptismo – entrou para o exército, onde atingiu o posto de oficial da Guarda Imperial. Abandonou a vida castrense, e como discípulo de Santo Hilário recebeu ordens sacras de frade em 354.

 

    Em 361 fundou um mosteiro em Ligugé (Poitiers, França), sendo ordenado bispo de Tours em 371, e foi o maior propagador da fé da Gália, hoje França.

 

    Faleceu em 397, e durante muitos séculos foi um dos santos mais populares da Europa, cuja memória litúrgica é comemorada a 11 de Novembro, data em que foi enterrada em Tours, França.

 

S. Martinho na lenda

    No ano de 338, quando ainda era militar do exército imperial romano, durante uma ronda nocturna no rigor dum impiedoso Inverno encontrou um pobre seminu que lhe implora caridade, a quem querendo acudir e como não tinha dinheiro, sacou da sua capa, e cortou-a ao meio para a partilhar com o desconhecido.

 

    Na noite seguinte, durante o sonho viu Jesus vestido com aquela porção de capa, que lhe agradeceu ter-lhe dado metade da mesma.

 

    Outra versão da lenda, relata que partilhou a sua capa com um soldado pobre e roto. A lenda de S. Martinho, nasceu, segundo algumas versões, quando algumas árvores floriram durante o trajecto em que o seu corpo foi levado de Candes, onde faleceu, até Tours, onde seria sepultado.

 

    Seja como for, e conforme reza a lenda, todos os anos nos primeiros dias de Novembro desponta sempre um Sol de Estio para recordar o bondoso gesto de S. Martinho, e por esses dias o céu e a terra aquecem, de modo a que mais nenhum ser humano passe o tremendo frio que assolou o mendigo dos tempos lendários.

 

S. Martinho na Etnografia

    Esta é a altura dos magustos, que estaria primitivamente relacionado com o culto dos mortos e com as celebrações de Todos os Santos e Fiéis Defuntos.

 

    É também, e sobretudo, a festa vinícola, ocasião em que se prova o vinho novo, se atestam as pipas, e que noutras eras foi celebrada em muitos sítios com afamados cortejo de bêbados, galhofando com as procissões religiosas, numa versão báquica, onde nas adegas se bebe livremente em burlescas fraternidades, numa associação de vinho e castanhas. O S. Martinho é, ainda, ensejo de matança de porco.

 

    O seu dia coincide com a período do ano em que se realça o culto dos antepassados e com a época do calendário rural, em que acabam os trabalhos agrícolas e se principia a fruir das colheitas, nomeadamente do vinho e dos frutos, leva a que a festa deste santo tenha um profundo elemento de exuberância prazenteira que hoje tende a predominar.

                                                    

S. Martinho no Alto Minho

    S. Martinho é presença quase constante em todo o distrito, com as estranhas excepções de Valença e de Vila Nova de Cerveira, onde não consta em nenhuma paróquia como santo padroeiro.

 

    Em Paredes de Coura como seu orago temos a freguesia de S. Martinho de Coura, e o caso particular de Vascões, embora oficialmente o orago seja S. Pedro, foi conhecida e referenciada durante muito tempo por S. Martinho de Vascões.

 

    No Vale do Minho, aparece em Caminha na freguesia de Lanhelas; em Alvaredo e Cristóval, na jurisdição de Melgaço; e na freguesia de Parada, no concelho de Monção.

                      

    Na Ribeira Lima vemo-lo no município de Arcos de Valdevez como orago das freguesias de Cabana Maior, Mei e Soajo; em Britelo, Crasto e Paço Vedro de Magalhães, no concelho de Ponte da Barca; em Ponte de Lima surge nas freguesias de Fristelas e de Gandra; e por fim, em Viana do Castelo, nas freguesias de Freixieiro de Soutelo, Outeiro, Vila Fria e Vila Mou.

 

Provérbios de S. Martinho 

  • A cada bacorinho vem o seu S. Martinho.
  • A cada porco vem o seu S. Martinho.
  • As geadas de S. Martinho levam a carne e o vinho.
  • Dia de S. Martinho vai à loja e prova o vinho.
  • Dia de S. Martinho, come-se castanhas e bebe-se vinho.
  • Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.
  • Dos Santos a S. Martinho são nove dias de pão e vinho.
  • Em dia de S. Martinho atesta e abatoca o teu vinho.
  • Em dia de S. Martinho semeia teus alhos e prova teu vinho.
  • Em Novembro S. Martinho vai à adega e prova o vinho.
  • Em Novembro S. Martinho, lume, castanhas e vinho.
  • Em Novembro se queres pasmar teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
  • No dia de S. Martinho assa castanhas e molha-as em vinho.
  • No dia de S. Martinho fura-se o pipinho, mas quem for honrado já o deve ter furado.
  • No dia de S. Martinho mata o teu porco e bebe o teu vinho.
  • No dia de S. Martinho mata teu porco, chega-te ao lume, assa as castanhas e bebe o teu vinho.
  • No dia de S. Martinho vai à adega e prova o vinho.
  • No dia de S. Martinho, come-se castanhas e bebe-se vinho.
  • No dia de S. Martinho, fura o teu pipinho.
  • No dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.
  • No dia de S. Martinho, mata o teu porco e bebe o teu vinho.
  • No dia de S. Martinho, mata o teu porco, chega-te ao lume, assa castanhas e prova o teu vinho.
  • No dia de S. Martinho, vai à adega e prova o teu vinho.
  • No S. Martinho mata o porco e barra o vinho.
  • Novembro pelo S. Martinho, comem-se as castanhas e prova-se o vinho.
  • Novembro pelo S. Martinho, mata teu porco e bebe o teu vinho.
  • Novembro pelo S. Martinho, nem nado, nem cabecinho.
  • Novembro pelo S. Martinho, prova o teu vinho; ao cabo de um ano já te faz dano.
  • Novembro pelo S. Martinho, semeia o teu cebolinho.
  • O Sete-Estrelo pelo S. Martinho, vai de bordo a bordinho; à meia-noite está a pino.
  • Pelo S. Martinho abatoca o pipinho.
  • Pelo S. Martinho bebe o vinho, deixa a água para o moinho.
  • Pelo S. Martinho castanhas assadas, pão e vinho.
  • Pelo S. Martinho deixa a água para o moinho.
  • Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.
  • Pelo S. Martinho prova o teu vinho; ao cabo de um ano já não te faz dano.
  • Pelo S. Martinho semeia o teu cebolinho.
  • Pelo S. Martinho todo o mosto é bom vinho.
  • S. Martinho bebe o vinho, deixa a água para o moinho.
  • Se o Inverno não erra o caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho.
  • Se queres pasmar o teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
  • Verão de S. Martinho são três dias e mais um bocadinho.
  • Vindima em Outubro que o S. Martinho to dirá.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 04:44
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

ALMINHAS DE PADORNELO I

Alminhas da Bazanca, Padornelo 

    Alminhas da Bazanca, localizadas na freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, numa fotografia datada de Dezembro de 2005.

 

    O nicho foi construído em 2002 no muro de suporte de uma propriedade, por iniciativa do senhor António Gonçalves Rodrigues, conforme amável informação do Fernando Abílio de Sá e Silva.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 19:06
Regressar ao Topo | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

CRUZEIROS DE PADORNELO I

Cruzeiro do cemitério

Cruzeiro do cemitério, em Setembro de 2005.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 22:55
Regressar ao Topo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|