Blogue acerca da terra, das pessoas, dos costumes e da História de PADORNELO, freguesia do concelho de Paredes de Coura, distrito de Viana do Castelo, publicado por JOFRE DE LIMA MONTEIRO ALVES.

.Capela das Angústias

.Capela do Ecce Homo

.Capela do Amparo

.Capela de Santiago

.Igreja de Santa Marinha

.Correio Electrónico

Contacto via jofrealves@sapo.pt

.Os Meus Blogues

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.Artigos Recentes

. LIMITES DA FREGUESIA DE P...

. BOTIRÃO DE DEITAR NO RIO ...

. FALECEU O SR. DOMINGOS BA...

. FALECEU O ABÍLIO PEREIRA

. FALECEU A NARCISA DA LAPA

. 60 ANOS DA PRIMEIRA EDIÇÃ...

. 60 ANOS DA PRIMEIRA EDIÇÃ...

. ACORDES DE PRIMAVERA 2017

. FALECEU A ANA DAS PINÇAS

. FALECEU A SENHORA MARIA O...

.Arquivos

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.Temas

. todas as tags

.LIGAÇÕES


.subscrever feeds

blogs SAPO
Estou no Blog.com.pt
Sábado, 30 de Outubro de 2010

PADRE CASIMIRO: A BOTA COM A PERDIGOTA

    Terminou neste preciso momento o programa Republicanos, Graças a Deus!, dedicado à Questão Religiosa e a algumas figuras da 1.ª República, que ouvi e segui com toda a atenção, na esperança duma grande nomeada em sons de acurada importância.

 

    Embora prefira falar da farinha em vez do farelo, assim de chofre, não posso deixar passar em claro algumas imprecisões, a pender como frutos colhidos à mão em árvore de ciência apressada, algumas delas de repelar o cocuruto a qualquer cidadão eleitor, mesmo que seja de segunda classe!

 

    A começar, obviamente, pela pronúncia dada ao nome da nossa santa terrinha. No dizer daqueles sábios e entendidos em matéria de toponímia, seria Padornélo e não Padornelo, assim mesmo! Fiquei, logo, com pele de galinha, mas bota para a frente, suspenso na esperança de sorver o resto.

 

    Mas o meu espírito não teve descanso ao ouvir que a Feira dos Tojais tinha acabado há vinte anos, quando, na realidade, como aliás é consabido, está extinta desde o início da década de 1960!

 

    Meia légua volvida na narrativa, nova escorregadela, quando se dá a entender que Miguel Dantas – um estranhíssimo conselheiro Dantas – assistiu de braço dado com o abade Casimiro Rodrigues de Sá à proclamação da república em terras de Coura. Certamente que o Conselheiro Miguel Dantas, figura maior da História de Paredes de Coura, deu reviravoltas no túmulo, pois foi monárquico de gema durante toda a vida.

 

    Por altura da queda da Dinastia de Bragança, em 1910, já Miguel Dantas, deputado da Nação, Par do Reino, Conselheiro de Sua Majestade em tempos da Monarquia Constitucional, único regime que conheceu, tinha entregue a alma ao Criador, na medida em que falecera a 8 de Julho de 1905, e não viu, felizmente para ele a implantação da Balbúrdia Sanguinolenta, para poder chorar por largos tempos!

 

    Sobre o padre Casimiro e a sua importante participação na vida republicana e societária de então, tudo foi aflorado pela rama, como cão em vinha vindimada. Parecia até que o abade de Padornelo, saltando em terra em viagem de turismo a França, trouxe de lá dois capacetes, vejam só, pelo prisma da imaginação.

 

    Sobre o resto, nada, pouco mais que nada, nem vaporosas intenções, ele que foi herói de muitas batalhas, grão fértil de inúmeros ofícios e das mais sólidas virtudes! Não foi por aí que se conseguiu exumar o pó à sua personagem histórica. E a parte positiva, dirão? Foi apenas mais uma jornada em prole da nossa terra, a colocar-nos no mapa.

 

    Já agora, em nome do rigor histórico e da precisão na História, convém falar claro. O dr. António Oliveira Salazar desistiu da sua candidatura a deputado a favor do padre dr. Clemente Ramos nas eleições de Julho de 1915, outra grande figura da história courense, inteligência viva e brilhante como orador sagrado, professor de Teologia e musicólogo. Valha a verdade.

 

    O resto do programa, já não dizia respeito à nossa terra, mas também divergiu e muito da premissa original, que a ciência do probabilismo não descortina o critério, embora saiba que o tema era mais denso que os montes Hermínios.

 

    Foi dificílimo entender o fio condutor e ver o que a Congregação Dominicana de Benfica, a Igreja de Campolide e o Convento dos Cardais tinham com o tema da república e dos republicanos, a não ser de través. Mais parecia tratar-se da Igreja na República, virando o santo contra a esmola, num chorrilho de lamúrias e missa, em que até o tecto ameaçava ruína por via da instauração do regime republicano cem anos antes! Para um forçado dos livros, não bateu a bota com a perdigota!

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 23:49
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 27 de Outubro de 2010

CASA DE SENRELAS

    Casa de Senrelas ou Solar Varajão, no lugar de Senrelas, em Padornelo, freguesia do concelho de Paredes de Coura, numa fotografia de 1995.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 26 de Outubro de 2010

Magusto da Casa Courense

 

Casa Courense em Lisboa

 

Magusto 2010

 

14 de Novembro de 2010

 

Domingo, às 16 horas

 

Castanhas e água-pé

 

Contactos:

Casa Courense em Lisboa

Rua General Taborda n.º 18, porta 7

1070 – 140 Lisboa

 

Casacourense@sapo.pt

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:27
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 25 de Outubro de 2010

NA CAPELA DAS ANGÚSTIAS XIII

    Na próxima terça-feira, dia 26 de Outubro de 2010, às 18h, na Capela de Nossa Senhora das Angústias, sita no lugar das Angústias, desta freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, será celebrada missa pela intenção de José António de Sá, Abílio António de Sá, Maria de Jesus Barbosa, Mário Barreiro da Silva, “o Mário Gesteira”, Pureza de Jesus Soares e António Gentil de Sousa, “o Tone do Gentil”.

 

    A Confraria de Nossa Senhora das Angústias mandou celebrar uma missa por intenção de Carlota do Sacramento Barbosa, “a Custódia do Constantino”, ou “Custódia Barbosa”, que terá lugar no sábado, dia 30 de Outubro.

 

    Por sua vez, desta feita no domingo, 31 de Outubro de 2010, às 14 horas, também na Capela de Nossa Senhora das Angústias, será celebrada a eucaristia dedicada ao Imaculado Coração de Maria.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 24 de Outubro de 2010

Notícias

    No âmbito da Comemoração dos Fiéis Defuntos, a habitual visita ao campo-santo terá lugar a 1 de Novembro de 2010, dia de Todos-os-Santos, pelas 9h30. Nesta ocasião, à saída do cemitério, vai realizar-se o peditório para a Liga Portuguesa Contra o Cancro.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:02
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010

Dois baptismos

     No passado dia 2 de Outubro de 2010, na igreja do Senhor Ecce Homo, nos Tojais, lugar da freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, realizaram-se os baptizados de dois primos em simultâneo.

 

    O Guilherme, filho de José Carlos Meneses dos Santos e de Angélica Sofia Carvalho de Sá, recebeu o sacramento do baptismo ao colo dos padrinhos Vítor Santos e Paula Melo. Por sua vez, a Íris, filha de Vítor Sá e de Mafalda Pereira, teve como padrinhos Abílio Pereira e Sandra Carvalho. Aos dois neófitos e aos pais, mas em especial à Angélica e ao Carlos Meneses, desejamos as maiores felicidades.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 21:24
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 21 de Outubro de 2010

PADORNELO NA FEIRA DE PAREDES DE 1910 - III

    Mais uma imagem da participação da Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Padornelo na recriação da Feira de Paredes, à semelhança de uma feira tradicional de há 100 anos, no âmbito das comemorações da proclamação do centenário da república, que decorreu na vila e freguesia de Paredes de Coura, no passado dia 9 de Outubro de 2010. Fotografia de Fernando Silva.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 20 de Outubro de 2010

PADORNELO NA FEIRA DE PAREDES DE 1910 - II

    Outra imagem da participação da Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Padornelo na recriação da Feira de Paredes, à semelhança de uma feira tradicional de há 100 anos, no âmbito das comemorações da proclamação do centenário da república por terras de Coura, que decorreu na vila e freguesia de Paredes de Coura, no passado dia 9 de Outubro de 2010. Fotografia de Fernando Abílio Silva.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 19 de Outubro de 2010

PADORNELO NA FEIRA DE PAREDES DE 1910 - I

    Participação da Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Padornelo na recriação da Feira de Paredes, à semelhança de uma feira tradicional de há 100 anos, no âmbito das comemorações da proclamação do centenário da república por terras de Coura, que contou, também, com a participação das crianças do agrupamento de escolas, centros de dia e de algumas associações culturais e que decorreu no passado dia 9 de Outubro de 2010, na vila e freguesia de Paredes de Coura. Fotografia de Fernando Abílio de Sá e Silva.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 18 de Outubro de 2010

Notícias

Obras da Estrada dos Cortiços

 

    Estão concluídas as obras na estrada que liga o lugar do Sobreiro ao lugar de Lamarigo, através dos Cortiços, um melhoramento que muito aproveita a freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura.

 

 

Palestra sobre burlas

 

    Na próxima terça-feira, dia 19 de Outubro de 2010, às 15 horas, no Centro de Dia de Padornelo realiza-se uma palestra sobre burlas e actividades dos burlões, dirigida particularmente aos mais idosos, mas também aberta a todas as pessoas que estejam interessadas.

 

 

Igreja de Santa Marinha

 

    No próximo sábado, dia 23 de Outubro de 2010, às 14 horas, as zeladoras dos altares e demais pessoas mobilizadas irão proceder à limpeza geral da paroquial Igreja de Santa Marinha de Padornelo, depois de concluída a fase final das obras de melhoramento.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:01
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 17 de Outubro de 2010

CASAMENTO DE PEDRO BARBOSA III

3

    Os radiantes noivos, Pedro Miguel Vaz Barbosa, natural de Padornelo, e Paula Adriana Rodrigues da Silva, da freguesia de Bico, num momento de intensa felicidade, reflectida no dia 3 de Outubro de 2010. Fotografia de Fernando Abílio Silva.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 16 de Outubro de 2010

CASAMENTO DE PEDRO BARBOSA II

    Casamento de Pedro Miguel Vaz Barbosa, natural e morador no Sobreiro, lugar desta freguesia de Padornelo, filho de Amâncio Barbosa Lourenço e de D. Felisbela Barbosa Vaz, e de Paula Adriana Rodrigues da Silva, da freguesia de Bico, filha de Manuel Pereira da Silva e de Rosa Perfeita Rodrigues Custódio, que se realizou no passado dia 3 de Outubro de 2010. Fotografia de Fernando Abílio de Sá e Silva.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 15 de Outubro de 2010

CASAMENTO DE PEDRO BARBOSA I

    No passado dia 3 de Outubro de 2010, num radioso domingo de esperança, apesar do mau tempo que se fazia sentir, o Pedro Miguel Vaz Barbosa, natural e morador no Sobreiro, lugar desta freguesia de Padornelo, levou a jovem Paula Adriana Rodrigues da Silva ao altar da paroquial Igreja de São João Baptista de Bico, deste mesmo concelho de Paredes de Coura, a fim de selar os laços matrimoniais.

 

    O noivo, figura de relevo no seio da família padornelense, dotado de nobre coração e motorista de profissão, é dilecto filho do nosso particular amigo Amâncio Barbosa Lourenço e de D. Felisbela Barbosa Vaz, enquanto a noiva é filha de Manuel Pereira da Silva e de Rosa Perfeita Rodrigues Custódio.

 

    Se eu fosse poeta diria como o poeta Daniel Filipe:

 

Um homem e uma mulher que tinham olhos e coração e fome de ternura

e souberam entender-se sem palavras inúteis

Apenas o silêncio a descoberta a estranheza

de um sorriso natural e inesperado.

 

    Ao jovem casal, que o destino caprichou em juntar e que vai fixar residência na vila e freguesia de Paredes de Coura, desejamos as maiores felicidade do fundo do coração e um futuro áureo e brilhante. Até, porque, como diz a sapiência popular, «boda molhada, boda abençoada».

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 17:06
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 10 de Outubro de 2010

FRANCISCO DA CUNHA, ABADE DE PADORNELO

    Francisco da Cunha Barbosa nasceu na freguesia de Santa Maria de Paredes, no então concelho de Coura, ali pelo ano de 1583, filho dilecto de Gaspar Bar­bosa de Caldas, da mesma freguesia, e de D. Juliana da Cunha Pereira, da freguesia de Cunha, neto pela via paterna de António Mendes de Caldas e de D. Leonor Barbosa, neto materno do padre Sebastião da Cunha e de D. Maria Enes Pereira.

 

    Nascido em berço de ouro, o sangue visigótico refulge aos golfões, teve irmãos de admiráveis talentos e recursos que reluz em todos, contando glórias desde a primeira puerícia: Sebastião da Cunha Barbosa, cavaleiro da Ordem de Cristo, sargento-mor da Comarca de Viana Foz do Lima, governador da praça militar de Vila Nova de Cerveira e Senhor da “Casa Grande”; Gaspar Barbosa da Cunha, capitão de Ordenanças, Senhor da “Quinta do Vale”, em Loivo, Vila Nova de Cerveira, pelo seu casamento; Frutuoso Barbosa da Cunha, Senhor da “Casa do Covelo”, em Ferreira; padre Marcos Barbosa da Cunha, abade da Igreja de São João de Bico.

 

    Certamente afeiçoado aos prazeres da inteligência e do coração, estudou primeiras letras e tomou ordem de presbítero em 1605, circunvagava os olhos, de olho fino, em busca duma proveitosa abadia, aviada de vitualhas. Vai ser despachado abade colado de patena e cálice na paroquial Igreja de Santa Marinha de Padornelo em 1617, onde veio substituir o abade Manuel Fernandes de Figueiredo e o padre João Gonçalves Pereira, cura coadjutor. Abastado de teres e haveres adequados à prosápia fidalga, foi Senhor da “Quinta de Requião”, neste rincão do Paraíso.

 

    O abade Francisco da Cunha, como geralmente assinava, deixou diversos filhos neste vale de lágrimas, nascidos em duas mulheres, naturalmente por fraqueza humana, incapaz de domar a luxúria venal. Naquele tempo não era despautério absurdo, nem tão-pouco levantava poeira escandalosa ou se quebrava a vara da lei férrea no lombo pecaminoso.

 

    Para o caso nem vale a pena sequer citar a prole, a não ser aquela que deixou como herdeira, pese embora alguns dos demais tenham sido cinco réis de gente. Do ventre fecundo duma Isabel Fernandes, da freguesia de Ferreira, por entre os vapores da caçarola donde amancebava o padre, pois o refego do estômago tem destas coisas, teve a filha Maria Fernandes da Cunha, que, na qualidade de herdada, foi 2.ª Senhora da “Quinta de Requião”, em Padornelo, casada e com geração. 

 

    Faleceu em Padornelo e foi ao encontro do Pai do Céu a 10 de Outubro de 1647, faz agora 363 anos, depois de ter paroquiado a Igreja de Santa Marinha durante trinta anos, a curar interesses próprios e dos paroquianos, certamente por entre respeito e veneração dos povos sofredores de génio conformado, que o vício não derrancara.

 

    Para o leitor interessado e sem ânimo enfastiado nas coisas dos fabulários das genealogias, vai em anexo a árvore de costados do padre Francisco da Cunha, a cruzar os avoengos, num concerto de nomes notáveis como a orquestra florestal de passarinhos, grilos e cigarras.

 

Árvore de Costados do Padre Francisco da Cunha Barbosa

Próprio

Pais

Avós

Bisavós

Francisco da Cunha Barbosa

 

* Paredes de Coura 1583

 

+ Padornelo 1647

 

Abade de Padornelo

1617 - 1647

Gaspar Bar­bosa de Caldas

 

* Paredes de Coura

1560

 

+ Paredes de Coura 1626 

António Mendes de Caldas

 

* Paredes de Coura 1525 

Gaspar Mendes de Antas

 

* Cunha 1485 

D. Inês de Faria de Caldas

 

* Vascões 1500

D. Leonor Barbosa

 

* Paredes de Coura 1530 

António Barbosa

 

* Paredes de Coura 1490

 

D. Maria Vaz de Castro

 

* Paredes de Coura  1500

D. Juliana da Cunha Pereira

 

* Cunha 1562

 

+ Paredes de Coura 1633

Padre Sebastião da Cunha

 

* Cunha

Francisco da Cunha

 

* Cunha

D. Maria de Antas de Passos

 

* Cunha

D. Maria Enes Pereira

 

* Sopo, Vila Nova de Cerveira

Padre Gonçalo Pereira

 

* Bertiandos, Ponte de Lima

 

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 8 de Outubro de 2010

FESTA DO FOLCLORE DE PAREDES DE COURA

Associação Cultural Recreativa Desportiva de Paredes de Coura

 

 

 

9 e 10 de Outubro 2010

 

Grupo Folclórico de Rio Frio – Arcos de Valdevez;

Grupo Folclórico de Padrão da Légua – Matosinhos;

Grupo Folclórico de Valadares – Vila Nova de Gaia;

Grupo Folclórico de Aranhas – Castelo Branco;

Grupo Etnográfico da Associação Cultural Recreativa Desportiva de Paredes de Coura

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 6 de Outubro de 2010

Quinta de Requião

Quinta de Requião, no lugar de Requião, freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, numa fotografia de Fevereiro de 2009.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|