Blogue acerca da terra, das pessoas, dos costumes e da História de PADORNELO, freguesia do concelho de Paredes de Coura, distrito de Viana do Castelo, publicado por JOFRE DE LIMA MONTEIRO ALVES.

.Capela das Angústias

.Capela do Ecce Homo

.Capela do Amparo

.Capela de Santiago

.Igreja de Santa Marinha

.Correio Electrónico

Contacto via jofrealves@sapo.pt

.Os Meus Blogues

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Artigos Recentes

. FALECEU O TONE DO SENRA

. FALECEU O SR. MANUEL DOMI...

. FALECEU A SENHORA MARIA D...

. FALECEU A SENHORA ANA ROD...

. FALECEU A SENHORA ERMEZIN...

. FALECEU O SR. DOMINGOS BA...

. FALECEU O ABÍLIO PEREIRA

. FALECEU A NARCISA DA LAPA

. FALECEU A ANA DAS PINÇAS

. FALECEU A SENHORA MARIA O...

.Arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.Temas

. todas as tags

.LIGAÇÕES


.subscrever feeds

blogs SAPO
Estou no Blog.com.pt
Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

FALECEU O TONE DO SENRA

    António da Conceição Nogueira, “Tone do Senra”, de 83 anos de idade, faleceu hoje, dia 17 de Agosto de 2017. Nascera nos Tojais, lugar da freguesia de Padornelo, a 12 de Agosto de 1934, filho de José António Nogueira, “Zé do Senra”, natural de Padornelo, e de Isaura da Conceição, natural da freguesia de Parada. Deixa viúva Ermelinda Rosa Monteiro de Araújo e filhos, Manuel António, Inocêncio, Maria Isabel, Elisabete e Adriano. O seu funeral realiza-se no dia 18 de Agosto de 2017, pelas 9 horas, saindo o cortejo fúnebre da Igreja Matriz de Santa Marinha de Padornelo, depois de rezada missa de corpo presente, para o cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 15:20
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 29 de Junho de 2017

FALECEU O SR. MANUEL DOMINGOS DA SILVA LOPES

Manuel Domingos da Silva Lopes.jpg

    No passado dia 28 de Junho de 2017 na freguesia de Padroso, concelho de Arcos de Valdevez, faleceu o senhor Manuel Domingos da Silva Lopes, de 87 anos de idade, natural da freguesia de Padornelo. Deixa quatro filhos, Luís Carlos, José Constantino, Maria de Fátima e Maria Helena Ramos Lopes. Foi sepultado no cemitério público de Insalde.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 24 de Junho de 2017

FALECEU A SENHORA MARIA DO CÉU ALVES

Maria do Ceu Alves 2017.png

    No passado dia 23 de Junho de 2017, em Loures, onde residia, faleceu a senhora Maria do Céu Alves, de 90 anos de idade, viúva, natural da freguesia de Mozelos e com ligações familiares à freguesia de Padornelo. Foi sepultada no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:15
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 7 de Junho de 2017

FALECEU A SENHORA ANA RODRIGUES

Ana Ferreira Rodrigues.jpg

    No passado dia 5 de Junho de 2017 faleceu a senhora Ana Ferreira Rodrigues, de 83 anos incompletos de idade, moradora em Paradelhas.

    Nascera a 25 de Agosto de 1934 em Venade, lugar da freguesia de Ferreira, filha de José Casimiro Rodrigues, natural da freguesia de Ferreira, e de Maria Rosa Ferreira, natural da freguesia de Porreiras.

    Era viúva de Aristides José de Araújo, “Aristides do Tomada”, e deixa três filhas, Maria do Nascimento, Maria Júlia e de Maria Isabel Rodrigues de Araújo. Foi a sepultar no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 2 de Junho de 2017

FALECEU A SENHORA ERMEZINDA

Ermezinda Rodrigues Barreiro.jpg

    No passado dia 1 de Junho de 2017 faleceu a senhora Ermezinda Rodrigues Barreiro, de 81 anos de idade, moradora no lugar de Cima de Vila.

    Nascera a 24 de Maio de 1936 no lugar de Covas, freguesia de Padornelo, filha de José Barreiro, natural da freguesia de Paredes de Coura, e de Cristina Maria Rodrigues, natural de Padornelo.

    Era viúva de Silvino Adriano Barbosa da Silva, “Bino da Viúva”, e deixa dois filhos, José Manuel e Ana Bela Barreiro da Silva. Foi a sepultar no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 15 de Abril de 2017

FALECEU O SR. DOMINGOS BARBOSA DA SILVA

Domingos Barbosa da Silva 2017.jpg

    No passado dia 7 de Abril de 2017 faleceu o senhor Domingos Barbosa da Silva, de 85 anos de idade, natural de Padornelo. Foi sepultado no cemitério público de Padornelo no dia 8 de Abril, com cortejo fúnebre que saiu da Igreja Matriz de Santa Marinha de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 7 de Abril de 2017

FALECEU O ABÍLIO PEREIRA

Abílio Pereira 2017.jpg

    No passado dia 9 de Março de 2017 faleceu na unidade de saúde de Monção o senhor Abílio Pereira, de 83 anos de idade. Era natural de Padornelo e foi sepultado no cemitério público de Cerdal, freguesia do concelho de Valença onde vivia.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 6 de Abril de 2017

FALECEU A NARCISA DA LAPA

Narcisa Rosa Fernandes 85 anos.jpg

    Ontem, dia 5 de Abril de 2017, faleceu a senhora Narcisa Rosa Fernandes, de 85 anos de idade. Nascera em 4 de Novembro de 1931 no lugar da Lapa, freguesia de Padornelo, filha de João José Fernandes e de Maria Anunciada Fernandes.

    Era viúva de Severino António Barreiro e deixa filhos emersos na maior dor. O seu funeral realiza-se hoje, 6 de Abril, pelas 16h30, saindo o cortejo fúnebre da Igreja Matriz de Santa Marinha de Padornelo para o cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 18 de Março de 2017

FALECEU A ANA DAS PINÇAS

Ana Barbosa Rodrigues Ana das Pinças.jpg

    No passado dia 15 de Março de 2017, no Lar da Terceira Idade da Santa Casa da Misericórdia de Paredes de Coura, faleceu a senhora Ana Barbosa Rodrigues, de 90 anos de idade, natural e moradora no lugar das Angústias, freguesia de Padornelo. Deixa duas filhas, Maria Alice e Maria Helena Rodrigues. Foi sepultada no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 17 de Março de 2017

FALECEU A SENHORA MARIA OTÍLIA ALVES ARAÚJO

Maria Otília Alves Araújo.jpg

     No passado dia 1 de Março de 2017 faleceu, em Viana do Castelo, a senhora Maria Otília Alves Araújo, de 77 anos de idade, natural de Padornelo e moradora em Lamamá, lugar da freguesia de Paredes de Coura. Foi sepultada no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2017

FALECEU O DORO DA MIQUELINA

Faleceu o Deodoro de Araújo, de 77 anos de idade, e o seu funeral realizou-se no passado dia 20 de Fevereiro de 2017, com cortejo fúnebre desde a Igreja Matriz de Santa Marinha para o cemitério público de Padornelo. Apresentámos os mais sinceros sentimentos à família enlutada.

Deodoro de Araújo 77 anos.jpg

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017

FALECEU O CARLOS DO ANÉSIO

    Carlos Jorge Pereira de Barros, de 44 anos de idade, filho de Anésio José de Barros e de Ermelinda Barbosa Pereira, faleceu ontem, sábado, dia 18 de Fevereiro de 2017, vítima de um trágico acidente quando estava a proceder ao corte de uma árvore. O acidente, cujo alerta foi dado às 15.05 horas, ocorreu no lugar de Cimo de Vila, na freguesia de Padornelo. O seu funeral realiza-se na terça-feira, dia 21 de Fevereiro, pelas 17 horas, com missa de corpo presente na Igreja Matriz de Santa Marinha, saindo o cortejo fúnebre para o cemitério público de Padornelo. Apresentámos os mais sinceros sentimentos à família enlutada.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 11:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2017

FALECEU A SENHORA BANGELINA

    A senhora Bangelina Gomes de Araújo, de 88 anos de idade, faleceu no passado dia 26 de Janeiro de 2017 no lugar de Casaldate, freguesia de Parada. Foi sepultada no cemitério municipal da vila de Paredes de Coura no dia 27 de Janeiro, depois de ter sido rezada missa de corpo presente na Igreja Matriz de Santa Marinha de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 22 de Janeiro de 2017

FALECEU A SENHORA JUDITE TRINDADE

    A senhora Judite de Fátima dos Santos Silva Trindade, moradora na cidade da Amadora, faleceu no passado dia 21 de Janeiro de 2017 no Hospital Beatriz Ângelo, em Loures. Tinha 84 anos de idade, era natural de Santiago do Cacém e deixa viúvo Mário da Silva Trindade, natural de Padornelo, e o filho Nuno Alexandre Santos Trindade, envoltos na maior dor. Foi sepultada no cemitério de Barcarena. Apresentámos os mais sinceros sentimentos à família enlutada.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 01:52
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 2 de Janeiro de 2017

FALECEU A SENHORA IDALINA

    Faleceu a senhora Idalina Alves de Sá, de 68 anos de idade, e o seu funeral realizou-se no passado dia 1 de Janeiro de 2017, com cortejo fúnebre desde a Igreja Matriz de Santa Marinha para o cemitério público de Padornelo, depois de ter sido rezada missa de corpo presente.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

GENTE DA MINHA TERRA – Ofélia Rodrigues Monteiro

Ofélia Rodrigues Monteiro 2011.JPG    Ofélia Rodrigues Monteiro nasceu a 25 de Maio de 1927 no lugar das Angústias, freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura.

    Era filha de Manuel José Monteiro, "o Peras", e de Maria Rodrigues, ambos naturais de Padornelo; neta pela via paterna de António José Monteiro, natural de Padornelo, e de D. Claudina Alves, natural da freguesia de Insalde; neta materna de António Tilve, pedreiro e natural da freguesia de Santiago de Romarigães, e de Rosalina Rodrigues, jornaleira e natural de Padornelo.

    Foi a última proprietária da centenar Casa das Portelas na posse da sua família desde tempos imemoriais. Faleceu no passado dia 1 de Agosto de 2016, no Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, aos 89 anos.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 20 de Setembro de 2016

CASAMENTO DE FILIPE BARROS

Filipe Barros e a sua noiva Sonja Winkler 2016.jpg    O jovem Filipe Barros, filho dos padornelenses Manuel Barros e Fernanda Barros, emigrantes nos Estados Unidos da América, jovem celebrou o seu casamento na Igreja de Santo Estêvão de Valença com a sua noiva Sonja Winkler, de origem austríaca, no passado dia 6 de Agosto de 2016. Foram madrinhas do casamento Tanja Schwartz e Sofia Gentil Dias e a acompanhar a celebração esteve o Grupo Coral de Padornelo. Os recém-casados já regressaram aos Estados Unidos da América.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 18 de Setembro de 2016

FALECEU JOÃO DOS SANTOS RODRIGUES

    No passado dia 14 de Agosto de 2016, no Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, faleceu o senhor João dos Santos Rodrigues, de 81 anos de idade, natural de Miragaia, concelho da Lourinhã e residente no concelho de Vila Nova de Cerveira. Deixa viúva Estela de Fátima Barbosa Pereira Rodrigues, natural de Padornelo e o extinto foi a sepultar no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 16 de Setembro de 2016

FALECEU O JOSÉ BARREIRO DA SILVA

José Barreiro da Silva 2016.jpg    No passado dia 4 de Agosto de 2016, no Hospital Conde de Bertiandos, em Ponte de Lima, faleceu o senhor José Barreiro da Silva, de 85 anos de idade, natural da freguesia de Padornelo. Foi sepultado no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 14 de Setembro de 2016

FALECEU A OFÉLIA MONTEIRO

Ofélia Rodrigues Monteiro 2016.jpg

    No passado dia 1 de Agosto de 2016, no Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, faleceu a senhora Ofélia Rodrigues Monteiro, de 89 anos de idade. Nascera a 25 de Maio de 1927 no lugar das Angústias, freguesia de Padornelo, filha de Manuel José Monteiro e de Maria Rodrigues. Foi sepultada no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 12 de Setembro de 2016

FALECEU A VITÓRIA DO LOURENÇO

Maria Vitória Barbosa.jpg    No passado dia 29 de Julho de 2016, no Hospital Conde de Bertiandos, em Ponte de Lima, faleceu a senhora Maria Vitória Barbosa, de 81 anos de idade, natural de Padornelo, onde residia no lugar das Angústias. Deixa quatro filhos, Maria da Conceição, José Manuel, Aurora e Maria das Dores Barbosa de Sousa. Foi sepultada no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 1 de Setembro de 2016

QUIM SÁ NA RÁDIO VALE DO MINHO

Paredes de Coura: Atleta sexagenário admite participar numa ultramaratona

 

Quim Sá na Rádio Vale do Minho 2016.jpg

 

    Tem 68 anos de idade e continua a praticar atletismo. Joaquim Sá, natural e residente em Paredes de Coura, é hoje considerado por muitos ora um fenómeno... ora um exemplo na área do desporto. Começou aos 34 anos, quando era ainda emigrante em França. Depois nunca mais parou. Já participou em dezenas de provas. Continua a correr e a fazer maratonas [42 quilómetros] em terrenos acidentados.

 

    Em entrevista à Rádio Vale do Minho, no programa 'Radiografia', o desportista avançou a possibilidade de vir a participar numa ultramaratona. "Eu gostava! Sou muito resistente para a idade que tenho! Seria sempre um desafio e ainda tenho mais para dar no meu currículo de atleta", disse.


    Recorde-se que a ultramaratona está entre as provas mais duras e extremas do atletismo. A mais conhecida é a 'Badwater', nos Estados Unidos da América. São 217 quilómetros, muitas vezes debaixo de temperaturas a rondar os 49.ºC. São muitos os corredores que não conseguem terminar o percurso devido à exaustão.


    Sobre o atletismo, Joaquim Sá não poupa críticas. O corredor courense aponta sobretudo o desequilíbrio verificado ao nível de ordenados quando comparado com outras modalidades. "Não se admite que um futebolista, um golfista, um tenista ganhe o que ganhe enquanto um atleta [profissional] que dá o seu esforço individual em maratonas receba cinco a seis mil euros por mês", lamentou. Entretanto, o atleta courense não pára e prepara-se para participar na maratona de Lisboa agendada para o próximo dia 2 de Outubro [de 2016].


    A entrevista de Joaquim Sá à Rádio Vale do Minho volta a ser emitida esta quarta-feira, a partir das 22h00.

 

In Rádio Vale do Minho, de 30 de Agosto de 2016: http://www.radiovaledominho.com/#!news-28138.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 16:22
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 24 de Junho de 2016

GENTE DA MINHA TERRA – Amália Cecília da Silva Dantas

Amália Cecília da Silva Dantas.jpg

    D. Amália Cecília da Silva Dantas nasceu a 8 de Fevereiro de 1918 em Padornelo, filha de Manuel Augusto Dantas, “Nelo da Quinta”, e de Libânia da Silva; neta pela via paterna de António Manuel Dantas e de Rosa Joaquina da Silva; neta materna de Severino José da Silva e de Joaquina Rosa Nogueira, todos naturais da freguesia de Padornelo.

 

    Casou em 22 de Fevereiro de 1942 na Igreja Paroquial de Santa Marinha de Padornelo com António Dantas Gomes e foram pais de Ilídio da Silva Dantas Gomes, Manuel da Silva Dantas Gomes e de Maria da Conceição Dantas Gomes.

 

    Faleceu ontem, dia 23 de Junho de 2016, aos 98 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 21:20
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 21 de Maio de 2016

GENTE DA MINHA TERRA – Ismael Fernandes

Ismael Fernandes 1951 Padornelo.jpg

    Ismael Fernandes nasceu na freguesia de Padornelo em 23 de Maio de 1918, filho de José Fernandes, carpinteiro e natural da freguesia de Cristelo, e de Guilhermina Barbosa Lourenço, lavradeira e natural de Padornelo.

    Foi carpinteiro e emigrou para os Estados Unidos do Brasil em Abril de 1951 a bordo do paquete North King.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 1 de Maio de 2016

GENTE DA MINHA TERRA – Abel Rodrigues

Abel Rodrigues, das Pinças (1955+2002) desenho.jp

    Abel Rodrigues, “Abel das Pinças”, nasceu em 1955 no lugar das Angústias, freguesia de Padornelo, e faleceu a 28 de Abril de 2002, filho de Ana Barbosa Rodrigues.

Desenho a carvão de 2010.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 31 de Março de 2016

FALECEU A SENHORA MARIA BARBOSA DE BARROS

Maria Barbosa de Barros.JPG

    Depois duma longa e fatídica doença, faleceu a senhora Maria Barbosa de Barros, de 67 anos de idade. Nascera a 2 de Dezembro de 1948 em Lamarigo, lugar da freguesia de Padornelo, filha de Manuel de Barros, “Nelo da Clara”, e de Dorvalina Rodrigues Barbosa, ambos naturais da freguesia de Mozelos; neta pela via paterna de José de Barros e de Ana Rosa Rodrigues; neta materna de José Joaquim Barbosa e de Maria Margarida Rodrigues. Deixa enlutados na maior dor o nosso estimado amigo Ilídio da Silva Dantas Gomes e os filhos Manuel e Juvenal de Barros Dantas Gomes, a quem deixamos um sentido abraço de condolências.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 11:50
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 28 de Março de 2016

ANIVERSÁRIO DO NASCIMENTO DE BERNARDINO MACHADO

Bernardino Machado (1851+1944) 1910 litografia.jpg

    Postal de 1910, segundo litografia de Francisco Valença, com o curioso pormenor do estadista Bernardino Machado estar em cima duma caixa de manteiga de Paredes de Coura.

 

    BERNARDINO LUÍS MACHADO GUIMARÃES nasceu na cidade do Rio de Janeiro, Império do Brasil, a 28 de Março de 1851, faz hoje 165 anos, terceiro filho de António Luís Machado Guimarães, Barão de Joane, e de sua segunda mulher D. Praxedes de Sousa Ribeiro Guimarães.

 

SUA VIDA NA MONARQUIA CONSTITUCIONAL:

    Foi bacharel em Matemática pela Universidade de Coimbra (1873); bacharel em Filosofia pela Universidade de Coimbra (1873); licenciado em Filosofia (1875); doutor em Filosofia (1876); professor da Universidade de Coimbra (1877 – 1907); deputado da Nação (1883 – 1887); director interino do Observatório Meteorológico da Universidade de Coimbra (1883); director da Secção de Antropologia e Arqueologia Pré-Histórica do Museu de História Natural (1886); Par do Reino pelos estabelecimentos científicos (1890 – 1895); presidente do 1.º Congresso do Magistério Primário (1892); Ministro das Obras Públicas, Comércio e Indústria (Fevereiro de 1893 – Setembro de 1894); grão-mestre da Maçonaria Portuguesa (1895 – 1899); presidente da Direcção do Instituto de Coimbra (1896 – 1908); presidente do Directório do Partido Republicano Português (1906 – 1909); presidente da Junta Consultiva do Partido Republicano Português (1909 – 1911); proprietário em Vila Nova de Famalicão, Porto, Lisboa, Paredes de Coura, Formariz e Romarigães; professor catedrático; estadista; escritor; publicista; conferencista; cientista; pedagogo.

 

SUA VIDA NA I REPÚBLICA:

    Ministro dos Negócios Estrangeiros do Governo Provisório da República (Outubro de 1910 – Setembro de 1911); Ministro da Justiça interino (1911); deputado à Assembleia Nacional Constituinte (1911); senador da República (1911 – 1915); presidente da Direcção da Sociedade de Geografia de Lisboa (26 de Fevereiro de 1912); embaixador de Portugal no Brasil (Julho de 1912 – Janeiro de 1914); Presidente do Ministério (primeiro-ministro) e Ministro do Interior (Fevereiro de 1914 – Junho de 1914); Ministro dos Negócios Estrangeiros interino (1914); Presidente do Ministério e Ministro do Interior (Junho de 1914 – Dezembro de 1914); Ministro da Justiça interino (Junho de 1914 – Julho de 1914); Presidente da República (5 de Outubro de 1915 – 11 de Dezembro de 1917); senador da República (1919 – 1925); Presidente do Ministério (primeiro-ministro), Ministro do Interior e Ministro da Agricultura (Março de 1921 – Maio de 1921); Presidente da República (11 de Dezembro de 1925 – 31 de Maio de 1926).

 

SUA VIDA DURANTE A DITADURA MILITAR E O ESTADO NOVO:

    2.º exílio em Espanha e França (Fevereiro de 1927 – Junho de 1940); presidente do Comité Político da Liga de Defesa da República (1928); antifascista; regressa a Portugal e por motivos políticos foi-lhe imposta residência fixa a Norte do Douro, estabelecendo domicílio em Paredes de Coura (1940 – 1944).

 

    Casou a 19 de Janeiro de 1882 com D. Elzira Dantas Gonçalves Pereira Machado, nascida no Brasil em 1865 e falecida no Porto em 1942, filha do conselheiro Miguel Dantas Gonçalves Pereira, natural da freguesia de Formariz, concelho de Paredes de Coura, e de sua primeira mulher D. Bernardina Maria da Silva Gonçalves Pereira.

 

    D. Elzira Dantas Machado (como também usou) tinha sangue padornelense por via de sua avó paterna D. Teresa Joaquina Pereira Dantas, natural da freguesia de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 12 de Março de 2016

FALECEU A SENHORA MARIA DE ASCENSÃO GOMES

Maria de Ascensão Gomes.jpg

    No passado dia 21 de Fevereiro de 2016, no lugar de Cima de Vila, na freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, faleceu a senhora Maria de Ascensão Gomes, de 93 anos de idade, natural da freguesia de Eiras, concelho de Arcos de Valdevez, e moradora em Reirigo, lugar da freguesia de Formariz.

    Era viúva de Manuel Barbosa Fernandes, mãe de Maria Ester Gomes Fernandes Dias, Manuel, Rosa e Isaura, e avó de Maria Manuela Fernandes Dias e de Jorge Miguel Fernandes Dias. Foi sepultada no cemitério de Reirigo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 8 de Março de 2016

FALECEU O ORLANDO DO INOCÊNCIO

Orlando Constantino Barbosa Monteiro emigrante Bra

     Ontem, dia 7 de Março de 2016, na cidade do Rio de Janeiro, República Federativa do Brasil, faleceu o Orlando Constantino Barbosa Monteiro, “Lando do Inocêncio”, de 76 anos de idade. Nascera a 5 de Julho de 1940 nas Angústias, lugar da freguesia de Padornelo, filho primogénito de Inocêncio Alves Monteiro e de Maria dos Anjos Barbosa, “Maria do Constantino”; neto pela via paterna de António Inocêncio Alves e de Especiosa de Jesus Alves Monteiro; neto materno de Constantino Barbosa e de Gracinda da Glória Barbosa. Emigrara para o Brasil em Janeiro de 1960.

    Era irmão de Maria Alice Barbosa Monteiro Coelho, José António Barbosa Monteiro, Ilídia Adelaide Barbosa Monteiro Ramos e de Luísa Barbosa Monteiro, sobrinho de Jorge Monteiro Alves, Ilídio Monteiro Alves, Sérgio Monteiro Alves e Ermelinda Adelaide Monteiro Alves, primo direito de Jorge António de Araújo Monteiro, Silvério de Araújo Monteiro, Maria Andrina de Araújo Monteiro Barbosa, Fernando Orlando Barbosa Alves, António Inocêncio de Lima Alves, Norberto de Lima Alves, Jofre de Lima Monteiro Alves, Jorge de Lima Alves, Júlia Orlanda Monteiro Alves Caetano, Alfredino Adriano Monteiro Alves, Ana Paula Monteiro Alves, Especiosa Victória Pereira Alves e Vera Lúcia Pereira Alves, e parente de Ofélia Rodrigues Monteiro, Ermelinda Rosa Monteiro de Araújo, Maria Claudina Dantas Alves, Fernanda Adelaide Dantas Alves e de Maria Luísa Rodrigues Pereira, entre outros parentes espalhados pelo mundo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 17:28
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 3 de Março de 2016

GENTE DA MINHA TERRA – Amélia Rosa de Araújo

Amélia Rosa de Araújo 1952 brasil.jpg

    Amélia Rosa de Araújo nasceu a 30 de Janeiro de 1929 na freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, filha de Cesário António de Araújo e de Cristina Rosa da Conceição, ambos naturais de Padornelo; neta pela via patena de António Rodrigues de Araújo e de Delfina de Jesus Vieira, ambos de Padornelo; neta materna de Rosa Emília da Conceição, natural da freguesia de Formariz. Emigrou para os Estados Unidos do Brasil em Dezembro de 1952.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2016

FALECEU O CELSO

Celso Luís Pereira da Cunha.jpg

    No passado dia 14 de Fevereiro de 2016, no Hospital de Ponte de Lima – ULSAM, faleceu o Celso Luís Pereira da Cunha, de 52 anos de idade, solteiro e morador no lugar de Covas.

 

    Nascera a 23 de Abril de 1963 no Pedregal, lugar da freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, filho de Almerinda da Conceição Pereira da Cunha, “Merinda do Peludo”, natural de Padornelo. Foi sepultado no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2016

FALECEU O ARISTIDES DO TOMADA

Aristides José de Araújo.JPG

     No passado dia 12 de Fevereiro de 2016 faleceu na vila e freguesia de Paredes de Coura o senhor Aristides José de Araújo, “Aristides do Tomada”, de 87 anos de idade.

 

    Nascera a 1 de Janeiro de 1929 no lugar de Paradelhas, freguesia de Padornelo, filho de António Luís de Araújo, natural do Brasil, e de Rosa Maria Moreira, natural de Padornelo. Deixa viúva Ana Ferreira Rodrigues e três filhas, Maria do Nascimento, Maria Júlia e Maria Isabel Rodrigues de Araújo. Foi sepultado no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2016

FALECEU O ZEZINHO DO INOCÊNCIO

    Hoje, 22 de Fevereiro de 2016, depois de cinco semanas em coma nos Cuidados Intensivos do Hospital de Santa Maria, faleceu em Lisboa o José Inocêncio Monteiro Alves, “Zezinho do Inocêncio”, de 45 anos de idade. Foi para Angola em tenra idade, donde regressou para Valença do Minho. Vivia, e trabalhava como empregado de hotelaria, em Lisboa desde os treze anos. Deixa dois filhos menores.

 

    Nascera a 1 de Agosto de 1970 nas Angústias, lugar da freguesia de Padornelo, quarto filho de Sérgio Monteiro Alves e de Dália Rodrigues Monteiro Alves, ambos naturais de Padornelo, freguesia do concelho de Paredes de Coura. Era irmão de Júlia Orlanda Monteiro Alves Caetano, Alfredino Adriano Monteiro Alves e de Ana Paula Monteiro Alves, sobrinho de Jorge Monteiro Alves, Ilídio Monteiro Alves e de Ofélia Rodrigues Monteiro, primo direito de Jorge António de Araújo Monteiro e de Jofre de Lima Monteiro Alves, e primo de Ermelinda Rosa Monteiro de Araújo, Maria Claudina Dantas Alves, Fernanda Adelaide Dantas Alves e de Maria Luísa Rodrigues Pereira, entre outros parentes espalhados pelo mundo.

 

    O funeral realiza-se no dia 23 de Fevereiro para o cemitério dos Olivais, antecedido de missa de corpo presente na capela mortuária da Igreja Paroquial de Santo António de Campolide, em Lisboa, às 14h30.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 17:33
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2016

GENTE DA MINHA TERRA - Padre Alcino

PADRE ALCINO, ANTIGO PÁROCO DE PADORNELO

 

 Por: Jofre de Lima Monteiro Alves

 

Padre Alcino da Cunha Pereira 2006.jpg

 

 

   O padre Alcino da Cunha Pereira faleceu no passado dia 31 de Janeiro de 2016, aos 88 anos de idade, romperam a tanger todos os campanários da Sé de Braga. Nascera em Santa Eulália de Arnoso, freguesia do concelho de Vila Nova de Famalicão, a 22 de Janeiro de 1928, sendo filho de José Gomes Pereira e de Maria Gomes da Cunha.

 

    Foi ordenado sacerdote na Sé Catedral de Braga a 15 de Agosto de 1952 e rezou missa nova na referida freguesia de Arnoso dois dias volvidos, a 17 de Agosto. Nomeado pastor das igrejas paroquiais de Santa Marinha de Padornelo e de São Paio de Mozelos, no Arciprestado de Paredes de Coura, a 26 de Novembro de 1952, tomou posse como pároco da Igreja Matriz de Santa Marinha de Padornelo a 30 de Novembro de 1952.

 

    Nesse âmbito acumulou as funções de presidente da Comissão Fabriqueira da Fábrica da Igreja Paroquial de Santa Marinha de Padornelo (1952 – 1962), presidente da Mesa da Confraria do Santíssimo Sacramento da Paróquia de Santa Marinha de Padornelo (1952 – 1962) e presidente da Mesa da Confraria das Almas da Paróquia de Santa Marinha de Padornelo (1952 – 1962). Por cá ancorou durante um decénio, porquanto a 23 de Agosto de 1962 era empossado para curar as almas da Igreja Paroquial de Santa Leocádia de Tamel e Santiago de Carapeços, no Arciprestado de Barcelos.

 

    Seria dispensado da paroquialidade por ter atingido o limite de idade a 1 de Outubro de 2006, corcovado no trabalho clerical como um moiro. Como historiado e escritor de monografias escreveu e publicou as seguintes obras, fruto do seu muito empenho, saber e labor, algumas das quais abonam lustro às estantes da minha biblioteca por gentil oferta do autor:

A Igreja de Tamel, Santa Leocádia (Barcelos), 1984.

A Igreja de Carapeços (O Templo e o Povo) – Apontamentos Para a Sua História, 1988.

Os Limites Entre Carapeços e Silva – A Questão, Seu Óbice, Notas e “Dossier”, Carapeços, 1993.

Os Limites Entre Carapeços e Silva – Complemento (Apêndice), II volume, Carapeços, 1995.

A Igreja Românica de Tamel, Santa Leocádia, Barcelos, 1997.

A Procissão dos Passos de Carapeços e as Endoenças, Carapeços, 1997.

À Volta da Igreja de Tamel, Santa Leocádia, I volume, 1997.

À Volta da Igreja de Tamel, Santa Leocádia, II volume, Barcelos, 1998.

As Terras de São Tamel, Barcelos, 1999.

A História de Carapeços e a de Santa Leocádia de Tamel: Ontem e Hoje (Apontamentos), Carapeços 2002.

Património Religioso e Civil de Carapeços e de Santa Leocádia de Tamel (Álbum – Inventário Histórico e Biográfico), Carapeços, 2005.

A Igreja Viva de Carapeços e de Santa Leocádia de Tamel (As Pessoas), Braga, 2008.

O Movimento Cor Unum e a Casa de Nazaré (No Centenário do Nascimento do Padre Olavo Teixeira Martins 1911 – 2011), Carapeços, 2011.

Catecismo Marial: Rosas Lauretanas da Senhora do Rosário, Carapeços, 2011.

 

    Nunca cortou a laçada de afectos com a nossa freguesia, a primeira onde exercitou o múnus sacerdotal, nem a lima do tempo e o gelo da distância puderam arrefecer. Sem o alarido das trombetas, durante anos deslocou-se bastas vezes de rota batida a Paredes de Coura e, em especial, a Padornelo, para revisitar amigos e apertar laços indeléveis com a comunidade. Recordo alguns exemplos dessa constante e amiga presença.

 

    A 24 de Abril de 2006 tivemos a grata honra e emoção sentida de vê-lo na inolvidável jornada que, de braço dado com o estimado Eduardo Cerqueira, organizamos em prol da consagração do distinto nome do abade Casimiro Rodrigues de Sá na toponímia da vila de Paredes de Coura. Anos depois, em 23 de Março de 2014, ei-lo a marcar etérea presença na emocionante apresentação do livro PADORNELO: DICIONÁRIO BIOGRÁFICO DE PERSONAGENS ILUSTRES. Nesta ocasião me confessou a sua sincera afeição pelas gentes de Padornelo, a dar graças aos céus por ter servido Padornelo, deleite aos olhos e à alma, povo especial que ele admirava e amava do fundo da sua essência. Ele que era, tal-qualmente, insigne padornelense por adopção e pelo coração.

 

    No entrementes, estava sempre de corpo e alma ao dispor dos conterrâneos padornelenses, aqui deslocando-se frequentemente com paciência de anacoreta para celebrar missas e outros actos religiosos, por isto e por aquilo, numa disponibilidade digna de realce, fruto do seu empenhado amor ao próximo, trato finíssimo da grandeza de carácter, abnegação rara numa idade pouco juvenil. Que mais dizer em letra redonda?... Havia tanto que verbalizar e não sei expressar melhor… (outrossim, o director também não me deixa dizer mais, insiste que não posso exceder uma folha). Que me perdoe se estas pobres linhas ficam abaixo do tributo que merece e demais coisas inventadas pelo Senhor para recompensar os justos como o padre Alcino.

 

Publicado no jornal NOTÍCIAS DE COURA, ano XIII, edição n.º 288, 9 de Fevereiro de 2016, p. 30.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 18:30
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 6 de Fevereiro de 2016

GENTE DA MINHA TERRA – Adriano Joaquim Pereira Barbosa

Adriano Joaquim Pereira Barbosa.jpg

    Adriano Joaquim Pereira Barbosa nasceu em Padornelo a 27 de Setembro de 1924, filho de António Joaquim Pereira Rodrigues, natural da freguesia de Cunha, e de Carolina Rosa Pereira, natural da freguesia de Padornelo, ambas do concelho de Paredes de Coura. Emigrou para os Estados Unidos do Brasil em 17 de Abril de 1951, aos 27 anos de idade, a bordo da embarcação luso-panamense North King.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2016

FALECEU O PADRE ALCINO

Padre Alcino da Cunha Pereira 2006.jpg   O padre Alcino da Cunha Pereira faleceu ontem, dia 31 de Janeiro de 2016, aos 88 anos de idade. Nascera em Santa Eulália de Arnoso, freguesia do concelho de Vila Nova de Famalicão, a 22 de Janeiro de 1928, sendo filho de José Gomes Pereira e de Maria Gomes da Cunha.

    Foi ordenado sacerdote na Sé Catedral de Braga a 15 de Agosto de 1952 e rezou missa nova na referida freguesia de Santa Eulália de Arnoso dois dias volvidos, a 17 de Agosto de 1952. Nomeado pároco das igrejas paroquiais de Santa Marinha de Padornelo e de São Paio de Mozelos, no Arciprestado de Paredes de Coura, a 26 de Novembro de 1952, tomou posse como pároco da Igreja Matriz de Santa Marinha de Padornelo a 30 de Novembro de 1952 e por cá permaneceu durante um decénio, porquanto a 23 de Agosto de 1962 foi empossado como pároco da Igreja Paroquial de Santa Leocádia de Tamel e Santiago de Carapeços, no Arciprestado de Barcelos.

    Foi dispensado da paroquialidade por ter atingido o limite de idade a 1 de Outubro de 2006. Como escritor de monografias escreveu e publicou as seguintes obras:

A Igreja de Tamel, Santa Leocádia (Barcelos), 1984.

A Igreja de Carapeços (O Templo e o Povo) – Apontamentos Para a Sua História, 1988.

Os Limites Entre Carapeços e Silva – A Questão, Seu Óbice, Notas e “Dossier”, Carapeços, 1993.

Os Limites Entre Carapeços e Silva – Complemento (Apêndice), II volume, Carapeços, 1995.

A Igreja Românica de Tamel, Santa Leocádia, Barcelos, 1997.

A Procissão dos Passos de Carapeços e as Endoenças, Carapeços, 1997.

À Volta da Igreja de Tamel, Santa Leocádia, I volume, 1997.

À Volta da Igreja de Tamel, Santa Leocádia, II volume, Barcelos, 1998.

As Terras de São Tamel, Barcelos, 1999.

A História de Carapeços e a de Santa Leocádia de Tamel: Ontem e Hoje (Apontamentos), Carapeços 2002.

Património Religioso e Civil de Carapeços e de Santa Leocádia de Tamel (Álbum – Inventário Histórico e Biográfico), Carapeços, 2005.

A Igreja Viva de Carapeços e de Santa Leocádia de Tamel (As Pessoas), Braga, 2008.

O Movimento Cor Unum e a Casa de Nazaré (No Centenário do Nascimento do Padre Olavo Teixeira Martins 1911 – 2011), Carapeços, 2011.

Catecismo Marial: Rosas Lauretanas da Senhora do Rosário, Carapeços, 2011.

    O funeral deste saudoso padre, que muitos amigos deixou entre nós, realiza-se na próxima terça-feira às 10.30h em Carapeços.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 15:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 2 de Janeiro de 2016

GENTE DA MINHA TERRA – Adriano Barbosa

Adriano Barbosa 1951.jpg

    Adriano Barbosa nasceu em Padornelo a 20 de Dezembro de 1902, filho de Manuel José Barbosa e de Maria Rosa dos Santos. Emigrou para os Estados Unidos do Brasil em 16 de Março de 1951, aos 49 anos de idade, a bordo do transatlântico argentino Juan de Garay.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 8 de Novembro de 2015

Parabéns ao Quim Sá

    Realizou-se hoje, 8 de Novembro de 2015, a 12.ª Maratona do Porto EDP, com a preciosa participação do nosso estimado conterrâneo Joaquim da Cunha e Sá que obteve o muito honroso 3.º lugar no escalão de veteranos com mais de 60 anos e o 231.º posto da classificação geral, com o tempo final oficial de 3 horas e 9 nove minutos, posição altamente significativa na medida em que a edição deste ano contou com 15 mil participantes. Parabéns ao Quim Sá, que mais uma vez subiu ao pódio!

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 23:11
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 30 de Setembro de 2015

FALECEU O FIRO LOUREIRO

Porfírio José da Silva Loureiro.jpg

     Esta madrugada deste nefasto dia 30 de Setembro de 2015, por volta das 6h51, faleceu o estimado Porfírio José da Silva Loureiro, homem-bom da nossa freguesia, vítima de acidente de viação quando seguia no sentido sul-norte, na A28, na zona de Esposende, ao quilómetro 51, e a carrinha que conduzia se enfaixou na traseira de um camião. O corpo do desditoso foi transportado para a morgue do Hospital de Viana do Castelo.

 

    Porfírio José da Silva Loureiro nasceu no lugar de Paradelhas, freguesia de Padornelo, a 24 de Outubro de 1964, filho de José Barbosa Loureiro, natural da freguesia de Paredes de Coura, e de Maria Leda da Costa e Silva, natural da freguesia de Padornelo; neto paterno de Porfírio Pereira Loureiro, natural da freguesia de Resende, e de Maria José Barbosa, natural da freguesia de Insalde; neto materno de José Pereira da Silva, de Padornelo, e de Maria da Conceição da Costa, natural da freguesia de Paredes de Coura.

 

    Deixa viúva Ana Margarida Pereira Gomes Loureiro e três filhas Joana Raquel, Marta Cláudia e Inês Maria Gomes Loureiro, emersas na mais profunda dor, a quem endereçamos os mais sentidos pêsames, por esta perda absolutamente irreparável.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 12:44
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2015

FALECEU A OLÍVIA DE SÁ

 

Olívia Barbosa de Sá da Silva.jpg

    No passado dia 11 de Setembro de 2015 faleceu a nossa conterrânea Olívia Barbosa de Sá da Silva, "Olívia do Sá", de 89 anos de idade. Nascera em 11 de Maio de 1926 em Cima de Vila, lugar da freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, filha de Abílio António de Sá, natural do Brasil, e de Maria de Jesus Barbosa, natural de Padornelo; pela via paterna era neta de Severino António de Sá e de Joana Rosa Rodrigues; neta materna de Secundino António Barbosa e de Joaquina Rosa Fernandes. Era viúva de Mário José Barreiro da Silva e mãe do estimado Fernando Abílio de Sá e Silva, a quem deixamos um abraço de sentidos pêsames.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 14 de Setembro de 2015

PAREDES DE COURA NAS OLIMPÍADAS INTERGERACIONAIS 2015 - IV

Paredes de Coura nas Olimpíadas Intergeracionais

    O nosso estimado e extraordinário conterrâneo Joaquim da Cunha e Sá, "Quim Sá", foi o brilhante vencedor da prova de 1500 metros que decorreu em Vila Nova de Cerveira no âmbito das Olimpíadas Intergeracionais 2015, neste presente mês de Setembro.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 2 de Julho de 2015

MÁRCIA PEREIRA PREMIADA NO CONCURSO DE IDEIAS DO ALTO MINHO

Márcia Pereira Premiada no Concurso de Ideias do

 

   O Concurso de Ideias do Alto Minho, promovido pela Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, apresentou esta sexta-feira os três projetos vencedores, que incluem serviços de apoio ao turismo de alojamento rural, a produção artesanal de queijo e o desenvolvimento de produtos variados em torno do mel. A sessão de apresentação dos três projetos vencedores aconteceu no Centro de Remo de Viana do Castelo, tendo contado com a participação de José Maria Costa, autarca de Viana e líder da CIM do Alto Minho, do porta-voz do júri, Francisco Laranjeira, e de Rodrigo Castro, coordenador do concurso.

 

    O 1.º classificado no concurso de ideias foi o “4STAR – Serviços de Turismo no Alojamento Rural”, num projeto vindo de Melgaço apresentado por Marta Caldas. A ideia é disponibilizar apoio aos gestores de Casas de Turismo Rural, apoiando em serviços tão variados como a limpeza dos espaços, manutenção de jardins e fornecimento de refeições aos hóspedes. O projeto quer aproveitar o mercado de cerca de 50 casas de Turismo Rural e Alojamento Local que existem nos concelhos de Melgaço e de Monção e que conquistam cercam de 9.600 dormidas por ano.

 

    O 2.º classificado foi o projeto “O Caseirão – Produção Artesanal de Queijo”, de Márcia Pereira e Hélder Pedreira, que residem em Paredes de Coura. Os dois jovens pretendem criar um queijo associado ao concelho courense, produzido com “o melhor leite das vacas que se alimentam dos melhores pastos”. Os empreendedores pretendem vender queijo de vaca de 500 gramas, queijo fresco e ainda requeijão, tendo como objetivo levar mais além o nome do concelho.

 

    Em terceiro lugar ficou a ideia “Abelha não é só Mel”, do apicultor Paulo Garrido, que tem sede em Vila de Punhe mas que conta com apiários espalhados por Viana do Castelo e Barcelos. A missão é fazer chegar à mesa do cliente um mel e um pólen de elevada qualidade, “provenientes das encostas de montanhas da região privilegiada do Alto Minho”. A Casa das Bétulas já comercializada o mel, o pólen, sabonetes de azeite com mel e própolis e outros produtos associados. No entanto, pretende expandir-se e entrar na indústria farmacêutica com a geleia real e o própolis. Quer também entrar na indústria da cosmética com o própolis, a cera de abelha e os sabonetes e ainda aproveitar a apitoxina, o veneno da abelha, para a medicina.

 

    Francisco Laranjeira, representante do júri que escolheu os vencedores, explicou que a maioria dos 44 participantes “não eram investidores puros”, mas sim pessoas que têm outras atividades mas que “procuram desenvolver outras ideias e iniciativas”. Para o Concurso de Ideias do Alto Minho foram selecionadas 44 ideias de negócio a implementar no Alto Minho. Esta iniciativa pretendia promover a criação de uma bolsa de ideias de negócios que possa ser candidatada ao próximo período de programação.

 

    Agora, os três vencedores, as menções honrosas e todos os empreendedores participantes que demonstrem essa vontade terão apoio na elaboração do plano de negócios e também na procura de financiamento para a concretização da ideia. O Concurso de Ideias do Alto Minho é uma iniciativa inserida no projeto Alto Minho INVEST, cofinanciada pelo ON.2 – Programa Operacional da Região Norte.

 

Notícia da Rádio Geice FM, de 26 de Junho de 2015

 http://radiogeice.com/fm/2015/06/27/start-me-up-alto-minho-premeia-servicos-de-turismo-rural-producao-de-queijo-e-de-produtos-feitos-com-mel/

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2015

FALECEU O JOAQUIM DANTAS

Joaquim Barbosa Dantas desenho.jpg

     O nosso conterrâneo Joaquim Barbosa Dantas, residente no lugar de Lamarigo, faleceu no passado dia 17 de Junho de 2015 na Unidade de Internamento da Santa Casa da Misericórdia de Paredes de Coura, aos 69 anos incompletos de idade.

    Nascera a 28 de Julho de 1946 na freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, filho de Ilídio Dantas e de Maria de Jesus Barbosa, ambos naturais de Padornelo; era pela via paterna neto de António Dantas e de Maria Rosa Alves Monteiro; neto materno de Avelino Barbosa e de Amélia Maria da Silva. Deixa viúva Zulmira do Céu Alves Gomes da Cunha e três filhos, Maria Luísa de Araújo Dantas de Lima, Ilídio Celestino da Cunha Dantas e Sérgio da Cunha Dantas. Foi sepultado no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 12:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

FALECEU O JOÃO TRINDADE

João da Silva Trindade.jpg

     O nosso conterrâneo João da Silva Trindade faleceu no passado dia 26 de Abril de 2015 na República Federativa do Brasil, país onde vivia há seis dezenas de anos. Tinha 85 anos de idade.

    Nascera a 13 de Fevereiro de 1930 em Paradelhas, lugar da freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, filho de António da Trindade, natural da freguesia e vila de Paredes de Coura, e de Deolinda Barbosa da Silva, natural de Padornelo; era neto pela via paterna de Francisco da Trindade e de Narcisa Rosa Barreiro; neto materno de Avelino Barbosa e de Amélia Maria da Silva. Deixa viúva Maria dos Anjos de Sá Trindade e uma filha Sandra Lúcia de Sá Trindade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 12 de Junho de 2015

O JORGE DO INOCÊNCIO FAZ 90 ANOS

Jorge Monteiro Alves Jorge do Inocêncio.JPG

     Jorge Monteiro Alves, o conhecido e estimado "Jorge do Inocêncio", morador no mavioso sítio de Porto de Várzea, além rio desta localidade, faz amanhã a maravilhosa idade de 90 anos.

 

    Nasceu, portanto, no distante dia 13 de Junho de 1925 nas Portelas das Angústias, lugar da freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, quinto filho na ordem de nascimento de António Inocêncio Alves, natural da vila de Paredes de Coura, e de Especiosa de Jesus Alves Monteiro, natural de Padornelo.

 

    É viúvo de Júlia Rosa Barbosa e extremoso irmão de Inocêncio Alves Monteiro (já falecido), José Narciso Alves Monteiro (já falecido), José Inocêncio Alves Monteiro (já falecido), Alfredino Alves Monteiro (já falecido), Ilídio Monteiro Alves, Manuel Monteiro Alves (já falecido), Sérgio Monteiro Alves, Jofre Monteiro Alves (já falecido) e Ermelinda Adelaide Monteiro Alves. Muitos parabéns!

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 19 de Março de 2015

MODELO COURENSE ANDRÉA BARBOSA

 

Andréa Barbosa modelo.JPG

     É de Padornelo a nova modelo courense, agenciada da "Face Models", da conceituada Fátima Lopes, e com formação na área, dirigida por Flor Guerreiro (modelo daquela agência).

    Chama-se Andréa Barbosa, nasceu em França quando naquele país estiveram radicados seus pais, José Luís Vaz Barbosa e Sílvia Maria Domingues Barbosa e é neta paterna do popular Amâncio Lourenço, antigo autarca de Padornelo.

    Com 16 anos de idade, no 11.º ano da Escola Preparatória de Paredes de Coura, Andréa é vista na agência de Fátima Lopes como uma jovem com bastante potencial. Andréa escreveu algumas linhas sobre esta nova experiência da sua vida:

    «Este meu "bichinho" de querer ser modelo começou há seis anos, quando desfilei pela primeira vez no Centro Cultural de Paredes de Coura, no sarau de Natal da escola. Não posso dizer que é um sonho desde pequena mas sempre gostei de moda e roupa. As pessoas sempre me disseram que eu tinha corpo de modelo, por ser esbelta, o que fez com que um dia me inscrevesse na agência da estilista Fátima Lopes, "Face Models". Fui chamada para ir a Lisboa em Setembro de 2014, para uma entrevista onde fui muito bem recebida pelo Pedro Alves (director da agência) e pela Flor Guerreiro (modelo da agência). Ficaram interessados em mim e propuseram-me uma formação dirigida pela Flor, a qual aceitei. Neste momento estou agenciada, desde Fevereiro deste ano, e ansiosa pelo primeiro trabalho. Para mim é um grande passo ter chegado até aqui e espero continuar a alcançar os meus objectivos».

    Com 16 anos, 1, 73 m e 53 kg, Andréa prepara entrada no mundo da moda sem descurar os estudos, frequentando o 11.º ano da Escola Secundária de Paredes de Coura.

 

Gorete Rodrigues

 

NOTÍCIAS DE COURA, edição n.º 267, de 17 de Março de 2015, p. 37.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 10:15
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2015

FALECEU O MÁRIO FERNANDES

    No passado dia 7 de Fevereiro de 2015, sábado, faleceu o senhor Mário Fernandes de Sousa, de 76 anos de idade. Este nosso conterrâneo nascera a 22 de Janeiro de 1939 no lugar de Codessal, freguesia de Paredes de Coura, filho de Manuel José de Sousa e de Isaura da Conceição Fernandes. Foi empregado na Empresa de Transportes Courense, motorista de autocarros e taxista. Residia em Requião, lugar da freguesia de Padornelo, por via do seu casamento com Maria Alice Lopes, natural de Padornelo, filha reconhecida do tenente Gualdino Ribeiro Guimarães de Passos e de Glória da Conceição Lopes, por cujo consórcio eram pais de Armando, José Manuel, Maria Emília e Maria do Céu Lopes Fernandes. Foi sepultado no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 13 de Janeiro de 2015

BAPTIZADO DA MARA

    No sábado, dia 27 de Dezembro do passado ano de 2014, a Mara, magnífica criancinha fruto e enlevo do António José Alves de Sousa e da Marlene Fernandes Pereira de Sousa, moradores no sítio do Manjoeiro, recebeu o sacramento do baptismo e teve como paraninfos Paulo Alves, de Padornelo, e Sofia Sousa, de Parada.

 

    A neófita é pela via paterna neta de Simão de Sousa e de Maria Fernanda de Sá Alves, e neta materna de Manuel de Sousa Pereira e de Maria de Lurdes Fernandes Barbosa, do lugar de Vila de Cima, freguesia de Parada, desta forma desejamos as maiores felicidades à família e à excelsa bebé.

Mara filha de António Alves de Sousa e Marlene Pe

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 12 de Janeiro de 2015

BAPTIZADO DA FRANCISCA

    No passado dia 25 de Dezembro de 2014, Dia de Natal, a pequena e lindíssima Francisca, de seu nome, risonho rebento do himeneu entrelaçado entre o Paulo Pereira Rodrigues e Guiomar de Barros Pereira Rodrigues, moradores no lugar das Angústias, recebeu as águas lustrais do baptismo ao colo das madrinhas Madalena Pereira Rodrigues e Sandrina de Barros Pereira.

 

    A neófita é neta pela via paterna de Fernando Pedrosa Rodrigues e de Maria Custódia da Costa Pereira e neta materna de Ilídio Dantas Pereira e de Rosa Dantas de Barros, de Rio Frio, freguesia do vizinho concelho de Arcos de Valdevez. Desejamos as maiores felicidades aos pais e avós e, em especial à bebé, tesoiro de esperança que veio enriquecer ainda mais o património humano da ridente comunidade de Padornelo.

Francisca filha de Paulo Rodrigues e Guiomar Perei

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 11 de Janeiro de 2015

QUIM SÁ NA III S. SILVESTRE DE CARDIELOS

III S. Silvestre de Cardielos Dezembro de 2014 a.j 

    O popular atleta Joaquim da Cunha e Sá, "Quim Sá", alcançou um brilhante 2.º lugar no escalão de veteranos mais de 50 anos na corrida do III Trail de S. Silvestre de Cardielos, perfazendo o tempo de 2 horas, 27 minutos e 48 segundos, o que lhe permitiu ficar na 31.ª posição na classificação geral, prova disputada em montanha e num trajecto com elevado grau de dificuldade e dureza extrema, que decorreu no passado dia 7 de Dezembro de 2014.

III S. Silvestre de Cardielos Dezembro de 2014 c.j

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 10 de Janeiro de 2015

FALECEU A MÁRCIA DO EIRAS

 

    No passado dia 25 de Dezembro de 2014, em Braga, faleceu a sr.ª Márcia Fernandes de Amorim, de 48 anos de idade, nascida no Brasil, filha de Andradina Maria Fernandes, natural de Padornelo, e de António de Amorim, natural de Ponte de Lima; neta pela via materna de Joaquim José Fernandes, "Quim das Eiras", e de Amélia Barbosa. Foi sepultada no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2015

FALECEU O ZÉ DO INFANTE

 

    No passado dia 24 de Dezembro de 2014, no lugar da Valinha, faleceu o sr. José Maria Ribeiro Soares, "Zé do Infante", de 88 anos de idade, nascido em 1926, filho de Infante Dantas Soares e de Raquel Gonçalves Ribeiro. Foi sepultado no cemitério público de Padornelo.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 13:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

FALECEU A MARIA DAS DORES PEREIRA BARBOSA

Maria das Dores Pereira Barbosa mãe do Adriano.jp

    No passado dia 27 de Outubro de 2014, segunda-feira, faleceu a senhora Maria das Dores Pereira Barbosa, nascida em 17 de Setembro de 1922 no lugar de Penim, freguesia de Cunha, filha de António Joaquim Pereira Rodrigues, lavrador e natural da referida freguesia de Cunha, e de Carolina Rosa Pereira, natural da freguesia de Padornelo. Esta nossa conterrânea casara a 1 de Novembro de 1947 na Igreja Paroquial de Santa Maria de Paredes de Coura com Guilherme António Barreiro, comerciante estabelecido nos Tojais, lugar da freguesia de Padornelo, por cujo casamento eram pais de Adriano Barbosa Barreiro, "Adriano da Loja", a quem deixamos os nossos votos de sentidos pêsames.

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 9 de Outubro de 2014

GENTE DA MINHA TERRA - Cesário Alves da Rocha

    Cesário Alves da Rocha, “Cesário das Caseiras”, filho de Albano José Gonçalves e de Maria José Alves da Rocha, nasceu em Santa Marinha de Padornelo, freguesia do concelho de Paredes de Coura, em 16 de Julho de 1916.

 

    Faleceu no lugar das Angústias, desta referida freguesia de Padornelo, a 14 de Junho de 2001, no estado de solteiro, aos 85 anos de idade. Desenho de Jofre de Lima Monteiro Alves a partir duma fotografia.

Temas:
publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

GENTE DA MINHA TERRA - Alfredo Barbosa

    Alfredo Barbosa nasceu a 2 de Outubro de 1927 - há 87 anos atrás - no lugar do Sobreiro, freguesia de Padornelo, concelho de Paredes de Coura, filho de José Barbosa e de Casimira Barbosa, ambos naturais de Padornelo; pela via paterna neto de António José Barbosa e de Maria Francisca da Cunha; neto materno de Manuel Francisco Mendes e de Narcisa Barbosa.

 

    Emigrou para a República dos Estados Unidos do Brasil em 24 de Julho de 1953, a bordo do paquete Vera Cruz.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

JORGE DO INOCÊNCIO, ARTESÃO




    Algumas peças de artesanato e a bancada de trabalho de artesão de Jorge Monteiro Alves, o quase nonagenário "Jorge do Inocêncio", no lugar de Porto de Várzea de Além do Rio, em Padornelo, freguesia do concelho de Paredes de Coura, em Julho de 2014.


publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 23 de Julho de 2014

FALECEU JOSÉ DA SILVA BARBOSA

    No passado dia 13 de Julho de 2014, domingo, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil, onde residia há 58 anos, faleceu o nosso estimado conterrâneo José da Silva Barbosa, aos 82 anos de idade incompletos, vítima de paragem cardíaca, depois de ter sofrido uma arritmia em finais do passado mês de Junho.

 

    O Zé do Laurentino, como era conhecido, nascera a 4 de Novembro de 1932 no lugar de Covas, freguesia de Padornelo, filho de Laurentino Barbosa, natural de Mozelos, e de Aurora da Conceição Pereira Varajão, de Padornelo; neto paterno de Rosa Clara Barbosa e Silva, natural da vizinha freguesia de Mozelos; por via materna neto de José Narciso Pereira Varajão e de Maria Luísa Barbosa da Cunha, ambos naturais de Padornelo.

 

    Foi festeiro da Comissão de Festas da Mordomia de Nossa Senhora das Angústias no longínquo ano de 1955, tendo emigrado para a República dos Estados Unidos do Brasil em Junho de 1956, onde constituiu família por via do consórcio com a portuguesa Maria Odete Ramos Barbosa, natural do Caramulo, sendo pais de Nilton Ramos Barbosa, que teve a espinhosa missão de comunicar o infeliz passamento de seu pai. Por isso, publico igualmente um texto de sua autoria em memória do seu saudoso progenitor:

 

José da Silva Barbosa.

 

O mais honesto que eu conheci.

 

Homem forte, vigoroso, trabalhador, religioso e perfeccionista.

 

Mesmo tendo frequentado somente até a quarta série, conhecia padrões de excelência e qualidade trazidos de berço e desenvolvidos ao longo de sua bela vida.

 

Zeloso por sua família e cuidadoso com quem o rodeava.

 

Justo, às vezes extrapolando a razão para defender o seu ponto de vista.

 

Querido pela maioria dos que com ele tiveram a felicidade de conviver (quase uma unanimidade).

 

Enfim, uma pessoa boa de se lidar, bondoso, caridoso, sensível, emotivo, ávido por facilitar a vida do próximo, cultivador de suas raízes, um bom homem que nos deixou órfãos da sua presença, mas que hoje brilha no céu assim como fazia aqui na Terra com suas tiradas oportunas.

 

Quisera eu ser apenas um grão do que ele foi e conquistar uma pequena parte do que ele conquistou, quando chegar o dia da minha partida ao seu encontro.

 

Obrigado pai, por tudo.

 

Nilton Ramos Barbosa.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 08:30
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 6 de Março de 2014

GENTE DA MINHA TERRA – Alcino de Jesus Barbosa

    Alcino de Jesus Barbosa, Alcino do Fijó, nasceu a 10 de Fevereiro de 1914 no Sobreiro, lugar da freguesia de Padornelo, filho de Francisco José Barbosa e de Emília Barbosa; pela via paterna neto de Alexandre José Barbosa e de Maria Benedita Fernandes, do lugar do Sobreiro; neto materno de António José Barbosa e de Maria Francisca da Cunha, do lugar de Requião.

 

    Emigrou para a República dos Estados Unidos do Brasil em Fevereiro de 1952 a bordo do paquete Surriento. Quando regressou das Terras de Vera Cruz fixou residência no lugar de Rebordães, freguesia de Insalde, terra de sua esposa.

 

    Faleceu a 4 de Novembro de 2000 na freguesia e vila de Paredes de Coura, aos 86 anos de idade.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 13:21
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2014

ANIVERSÁRIO DE GRACINDA FERNANDES DA CUNHA

    Mãe vou tentar dizer algumas palavras que há muito que não o faço em público... escrevi poemas, quando deixei a nossa humilde casa e a linda terra que me viu crescer.

 

    Quando uma Pessoa muito especial para si e para todos nós e para mim o meu herói partiu o meu Pai, perdi tudo... vontade de escrever poemas, peço-lhe desculpa, acabei com o telefone porque ouvia a sua voz e a voz de uma Pessoa que me amava e eu amava, com um amor tão intenso quanto a amo a si e peço desculpa aos meus irmãos  a intensidade que amo a Leninha.... o amor não se pode pesar numa balança... sei que vocês os 3 teriam um pouco de peso a mais....

 

    No seu aniversário 90 anos... não por ter levado o nome de Paredes de Coura  a 2 canais da TV... isso, não foi nem nunca seria um motivo por estar presente no seu aniversário, o que me fez estar foi o  amor que tenho por si  e que deveria estar em outros aniversários do meu Pai, mas a vida que assumi tinha que abdicar do bel prazer pela luta de criar e formar uma filha, o aniversário do meu Pai era e continua para mim  a 7 de Agosto... impossível dizer não à profissão que escolhi... Hoje  a minha filha está formada... e  o meu dever está cumprido... hoje digo não a tudo e a todos quando não me deixam estar com as pessoas que amo... Você sabe que a AMO MUITO... A minha Família e a LENINHA que é o Amor de todos nós.

  

   Parabéns Mãe, que Deus permita que festejemos os 100 anos é isso que peço a Deus e ao meu Pai... afinal  tinha 23 anos quando vos deixei... era uma menina... mas mesmo assim deixei história... porque aproveitei cada momento enquanto estive na minha terra, porque hoje a Mãe e o Pai estão felizes pelos Filhos, netos, bisnetos... e eu que vos deixei tão cedo procurando nova vida fosse excepção à regra.

 

    Aqui deixo 4 fotos  que me dizem muito...

 

    Um beijo enorme da sua filha que muito a ama,

 

Rosa Clara

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2014

GENTE DA MINHA TERRA – Albano José Fernandes

    Albano José Fernandes nasceu a 17 de Janeiro de 1929 em Padornelo, freguesia do concelho de Paredes de Coura, filho de João José Fernandes, “João da Lapa”, natural do Império do Brasil, e de Maria Anunciada Fernandes, natural do lugar dos Tojais; pela via paterna neto de Secundino José Fernandes e de Narcisa Rosa Barbosa, lavradores e ambos naturais de Padornelo; neto materno Manuel Fernandes, pedreiro e natural de São Tomé de Correlhã, freguesia do concelho de Ponte de Lima, e de Joaquina Rosa Dantas, padeira e natural de Padornelo.

 

    Emigrou para a República dos Estados Unidos do Brasil em Novembro de 1959 a bordo do navio SS Salta.

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 09:00
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|