Blogue acerca da terra, das pessoas, dos costumes e da História de PADORNELO, freguesia do concelho de Paredes de Coura, distrito de Viana do Castelo, publicado por JOFRE DE LIMA MONTEIRO ALVES.

.Capela das Angústias

.Capela do Amparo

.Correio Electrónico

Contacto via jofrealves@sapo.pt

.Os Meus Blogues

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Artigos Recentes

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. FALECEU O ANTÓNIO LIMA

. FALECEU O ALBERTO RODRIGU...

. FALECEU O SR. FERNANDO PE...

.Arquivos

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.Temas

. todas as tags

.LIGAÇÕES


.subscrever feeds

blogs SAPO
Sábado, 7 de Novembro de 2009

SEMPRE HOUVE DEMOCRACIA EM PADORNELO

    Dentro de quatro anos terá fim, em Paredes de Coura, um caso raro de longevidade na liderança de um órgão autárquico. Amâncio Barbosa comanda a Junta de Freguesia de Padornelo desde o 25 de Abril de 1974 e até agradece a lei que o impossibilita de se candidatar a um novo mandato.

                                       

    Foi com uma Comissão Administrativa que começou a longa maratona de gestão autárquica de Amâncio Barbosa. Passados 35 anos, o poder continua nas mesmas mãos e nas últimas eleições a vitória foi ainda mais expressiva do que em 2005.

                                           

    Para o autarca, o segredo está «no trabalho, na dedicação e na insistência em realizar os projectos apresentados para a freguesia». «Mais uma vez o eleitorado depositou confiança nas propostas da minha equipa», disse.

                                         

    Aos 66 anos e com mais de metade da vida dedicada à Junta de Freguesia, Amâncio Barbosa refere que nunca se cansou porque entrou «de alma e coração», mas confessa que já anda a tentar afastar-se há alguns anos e só não o conseguiu devido à insistência da população.

                                                  

    «As pessoas não me largam, vêm ter comigo e dizem-me que, enquanto eu mexer com as pernas, tenho que continuar», testemunhou. Contudo, o autarca terá mesmo de deixar a Junta de Freguesia de Padornelo por imposição da lei que não permite mais do que três mandatos consecutivos.

                                                  

    Amâncio Barbosa agradece precisamente à legislação. «Felizmente, a lei obriga-me a passar a bola a outro no fim deste mandato e acho bem que haja outras pessoas a contactar com estas experiências e a entrar na vida activa da freguesia para continuarem o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido», observou.

                                         

    Quanto à sucessão, o presidente da Junta de Freguesia de Padornelo eleito pelo PS diz que «há sempre pessoas interessadas» em ocupar aquele lugar. Além disso sublinha que, apesar de ter sido reeleito tantas vezes, sempre teve concorrência e que «sempre houve democracia em Padornelo».

 

    Três décadas e meia depois, Amâncio Barbosa recorda também o estado em que encontrou a freguesia em 1974, quando estava «carenciada de acessos, água e luz» e conta algumas das peripécias vividas nesse tempo.

 

    «Chegámos ao ponto de às duas horas da manhã andarmos com tractores a demolir muros para alargar caminhos, alumiados por um por um petromax porque ainda não existia corrente eléctrica na freguesia», lembrou.

 

    Para o próximo quatro anos, as propostas do autarca courense são acabar com os acessos em terra batida, adquirir equipamentos para parques infantis, fazer um livro de honra da freguesia, atribuir números de polícia a todas as habitações e remodelar a rede pública de electricidade.

 

Márcio Silva

 

Jornal ALTO MINHO, n.º 810, 2 de Novembro de 2009

 Amâmcio Barbosa Lourenço, presidente da Junta de Freguesia de Padornelo - Fotografia de Eduardo Daniel Cerqueira

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 13:30
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos