Blogue acerca da terra, das pessoas, dos costumes e da História de PADORNELO, freguesia do concelho de Paredes de Coura, distrito de Viana do Castelo, publicado por JOFRE DE LIMA MONTEIRO ALVES.

.Capela das Angústias

.Capela do Amparo

.Correio Electrónico

Contacto via jofrealves@sapo.pt

.Os Meus Blogues

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Artigos Recentes

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. PADORNELO NAS JANEIRAS DE...

. FALECEU O ANTÓNIO LIMA

. FALECEU O ALBERTO RODRIGU...

. FALECEU O SR. FERNANDO PE...

.Arquivos

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.Temas

. todas as tags

.LIGAÇÕES


.subscrever feeds

blogs SAPO
Quinta-feira, 6 de Setembro de 2007

FALECEU O ANTIGO PÁROCO DESTA FREGUESIA, PADRE JOÃO ALVES RIBEIRO

    A notícia caiu na manhã de sexta-feira, 10 de Agosto [de 2007], quando já decorria a festa em honra de Nossa Senhora das Dores [freguesia de Rio de Moinhos, concelho de Arcos de Valdevez].

 

    Num primeiro tempo ainda se pensou tratar de uma brincadeira de mau gosto mas, infelizmente, era verdade: o Padre João tinha falecido durante a noite.

 

    O Padre João como todos os seus paroquianos lhe chamavam faleceu, provavelmente durante a noite do dia 10 na sua residência, como foi sempre o seu desejo e Deus concedeu-lhe essa vontade.

 

    O Padre João nasceu em 1935 e tinha 72 anos de idade. Já há vários anos travava uma luta constante com a doença que o acompanhava, mas nunca se deu por vencido, recusando por várias vezes o internamento hospitalar que seus familiares e outras pessoas lhe recomendavam com insistência mas só o fez por algumas vezes quando se sentia no extremo das suas forças, como foi o caso deste seu último internamento no Hospital de Ponte de Lima.

 

    Ele tinha regressado recentemente a casa, vindo deste centro hospitalar onde esteve algum tempo, mas suplicava que queria falecer na sua residência e ser sepultado junto do povo que ele acompanhou durante cerca de trinta e cinco anos.

 

    O Padre João Alves Ribeiro serviu a Igreja Católica durante quarenta e cinco anos, começando por servir as freguesias de Mozelos e Padornelo, no vizinho concelho de Paredes de Coura, antes de assumir o cargo de Capelão no Ultramar e de pároco desta freguesia, tendo ainda a freguesia vizinha de Aguiã [Arcos de Valdevez] sobre a sua responsabilidade e também a freguesia de Aboim das Choças [Arcos de Valdevez] até 2003.

 

    Devido já aos problemas de saúde teve que a abandonar ficando assim só com Aguiã e Rio de Moinhos [Arcos de Valdevez].

 

    Era homem de excelente coração, humilde e muito estimado por todos pois nunca impôs aos seus paroquianos um montante fixo para com ele, aceitando apenas honestamente o que lhe davam, e certamente por essa razão faleceu relativamente pobre mas com muita dignidade.

 

    Viveu estes últimos anos em condições que podemos dizer quase precárias não porque sua família, diversas pessoas da freguesia, o Presidente de Junta [de Freguesia de Rio de Moinhos] e ainda o próprio Bispo da Diocese de Viana do Castelo, por várias vezes, não tivessem tentado dar-lhe melhores condições de vida, aconselhando-o a retirar-se numa casa de repouso, mas o Padre João ia recusando categoricamente tudo que se lhe propunha e dizia que era assim que queria viver até morrer, junto à sua Igreja e no meio do seu povo.

 

    Por várias vezes me confiou pessoalmente que o seu receio era falecer num hospital ou noutro qualquer lugar e não o trouxessem para a Igreja e cemitério da freguesia, mas como atrás já referi Deus escutou-o e o seu povo cumpriu a sua vontade.

 

    O seu corpo esteve em câmara ardente nesta Igreja, onde foram celebrados os actos religiosos, pelo Bispo da Diocese de Viana do Castelo, acompanhado pelo Arcipreste do Concelho de Arcos de Valdevez e o Dr. Padre Manuel Saraiva e ainda cerca de vinte e cinco sacerdotes que lhe quiseram prestar uma última homenagem.

 

    Estiveram presentes, igualmente, outras individualidades da Igreja Católica, assim como o Dr. Francisco Araújo, Presidente da Câmara Municipal [de Arcos de Valdevez], o Dr. Rui Henrique Ribeiro Rodrigues Alves, Presidente da Assembleia Municipal [de Arcos de Valdevez] e seu sobrinho, e diversos vereadores da mesma câmara municipal e ainda presidentes de Juntas de Freguesia, sendo as freguesias de Mozelos e Padornelo e Aguiã também aqui representadas, esta ultima pela confraria, presidente de Junta e todos os restantes elementos da mesma junta.

 

    Foi tornado publico, igualmente, pelo senhor Bispo que enquanto não houver a nomeação de um novo sacerdote para esta paróquia, ela será administrada, assim como a freguesia vizinha de Aguiã, pelo Dr. Padre Manuel Saraiva, ele que já vinha desde alguns anos ajudando muito o Padre João nas suas tarefas que se tornavam dia a dia mais difíceis.

 

    Era irmão de D. Margarida Ribeiro, casada com João Fernandes; prof.ª D. Aurora Ribeiro, casada com Justino Domingues; prof. Dr. José Inácio A. Ribeiro, casado, com a prof.ª D. Maria Manuel Pinto Ribeiro; Padre Dr. Eduardo Ribeiro, presidente do Tribunal Eclesiástico de Viana do Castelo; D. Maria da Conceição A. Ribeiro, casada com Manuel da Silva Pimenta e da prof.ª D. Deolinda Alves Ribeiro, casada com Laureano Rodrigues Alves.

 

    Depois desta ultima homenagem, foi sepultado com grande acompanhamento naquela que será a sua eterna residência, como ele sempre o suplicou, neste mesmo cemitério de Rio de Moinhos.

 

    A população das freguesias de Rio de Moinhos, Aguiã, Mozelos e Padornelo, assim como toda a família, vem, por este único meio, agradecer a todos que estiveram presentes nestes momentos de dor e que ofereceram missas, flores, e assistiram às cerimónias religiosas celebradas em sua intenção, e o acompanharam até à sua última morada. Paz à sua alma.

 

Notícia do jornal Notícias dos Arcos, citada pelo sítio Arcos Digital – Portal de Arcos de Valdevez, de 6 de Setembro de 2007

 

http://arcosdigital.com/pt/index.php?option=com_content&task=view&id=731&Itemid=1

 

publicado por Jofre de Lima Monteiro Alves às 15:49
Regressar ao Topo | Comentar | Adicionar aos favoritos