Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PADORNELO

Blogue acerca da terra, das pessoas, dos costumes e da História de PADORNELO, freguesia do concelho de Paredes de Coura, distrito de Viana do Castelo, publicado por JOFRE DE LIMA MONTEIRO ALVES.

Blogue acerca da terra, das pessoas, dos costumes e da História de PADORNELO, freguesia do concelho de Paredes de Coura, distrito de Viana do Castelo, publicado por JOFRE DE LIMA MONTEIRO ALVES.

PADORNELO

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Capela das Angústias

Capela do Amparo

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Correio Electrónico

Contacto via jofrealves@sapo.pt
19
Dez17

FALECEU A D. OLÍVIA BARBOSA BARREIRO

    Hoje, dia 19 de Dezembro de 2017, faleceu a sr.ª D. Olívia Barbosa Barreiro, de 93 anos de idade. Nascera em 12 de Outubro de 1924 nos Tojais, lugar da freguesia de Padornelo, filha de António Barreiro, natural da freguesia de Castanheira, e de Felisbela Barbosa, natural de Padornelo. Era viúva de Arnaldo Joaquim Barbosa de Barros Covas e deixa os seus filhos e parentes mergulhados na maior dor. O seu funeral realiza-se amanhã, dia 20 de Dezembro de 2017, pelas 16 h 30 m, saindo o cortejo fúnebre da Igreja Matriz de Santa Marinha de Padornelo para o cemitério público de Padornelo.

06
Dez17

FALECEU O SR. ANSELMO

Anselmo Barbosa de Sá 2017.jpg

    No passado dia 4 de Dezembro de 2017 faleceu o sr. Anselmo Barbosa de Sá, de 85 anos de idade, natural de Padornelo.

    O seu funeral realizou-se no dia 5 de Dezembro saindo o cortejo fúnebre da Igreja Matriz de Santa Marinha para o cemitério público de Padornelo.

29
Nov17

TRIBUNAL DÁ RAZÃO A ILÍDIO DANTAS NO CASO DA MADEIRA ROUBADA

    A história, muito conhecida em Padornelo, é fácil de contar. Ilídio Dantas é proprietário de uma bouça no lugar das Angústias, Padornelo. Em meados de Janeiro de 2012, chega-lhe aos ouvidos que os eucaliptos e pinheiros da sua bouça tinham sido cortados e que os muros tinham sido derrubados. Segundo os moradores das Angústias, obra de um madeireiro de Ponte da Barca que tinha efectuado o corte e derrubado os muros.

 

    Ilídio Dantas, incrédulo, avança com uma queixa-crime contra a empresa de madeiras e contra desconhecidos, não fosse a culpa não ser efectivamente do madeireiro de Ponte da Barca.

 

    O Ministério Público investiga o caso, ouvindo dezenas de testemunhas, e conclui que o madeireiro tinha sido enganado. O madeireiro, segundo o Ministério Público, tinha comprado madeira de várias bouças nas Angústias e o vendedor, um polícia reformado de Ponte de Lima, tinha-lhe que a madeira pertencente a Ilídio Dantas era dele e que também era para cortar, tendo inclusive dito ao madeireiro que, para facilitar o corte, podia deitar abaixo os muros.

 

    O processo segue então para julgamento e a tese do Ministério Público vinga. O polícia é condenado por burla e dano e a pagar uma indemnização a Ilídio Dantas. Inconformado, o polícia recorre para o Tribunal de Guimarães que o absolve de tudo.

 

    Não resignado com a absolvição do polícia, Ilídio Dantas avança novamente com uma acção judicial contra os madeireiros, pois se a culpa não era do vendedor tinha então que ser do comprador. Contra todas as expectativas de Ilídio Dantas, o Tribunal de Valença absolve, no entanto, o madeireiro.

 

    Desanimado com a justiça, Ilídio Dantas, no entanto, não desiste e recorre para o Tribunal da Relação de Guimarães, tribunal esse que, julgando definitivamente a questão, decidiu revogar a decisão do Tribunal de Valença e conceder a justa indemnização a Ilídio Dantas.

 

    Carlos Sousa Barbosa, advogado de Ilídio Dantas em todo este processo, refere que este caso é daqueles que um dia vai ter mesmo que contar aos netos. O causídico confessa que, no início, o caso aparentava ser simples e rápido de resolver, mas no final revelou-se um processo longo e difícil, sobretudo difícil de explicar, face às sucessivas decisões judiciais que se contradiziam umas às outras. Mostrou-se, no entanto, muito satisfeito com o desfecho do processo e com a decisão do Tribunal da Relação de Guimarães, acrescentando ainda que, caso os tribunais portugueses não emendassem a mão, iria processar o Estado Português no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, porque a situação já se estava a tornar ridícula.

 

Notícia do jornal NOTÍCIAS DE COURA, edição 327, de 24 de Outubro de 2017, p. 3.

23
Out17

O ASSASSINATO DE MACÁRIO: Teatro em Padornelo

O Assassinato de Macário cartaz teatro.jpg

O ASSASSINATO DE MACÁRIO

 

Teatro a partir da obra de Camilo Castelo Branco.

 

Realização: Comédia do Minho

Encenação: Tânia Almeida

Interpretação: Gonçalo Fonseca, Joana Magalhães, Luís Filipe Silva e Rui Mendonça

Espaço Sonoro: Vasco Ferreira

Cenografia: Ana Limpinho e Maria João Castelo

Apoio: Leonor Keil

 

Sala da Associação Cultural de Padornelo

Domingo, 29 de Outubro de 2017

18 horas

16
Out17

TOMADA DE POSSE

Padornelo tomada posse Assembleia Municipal 12Out2

   Momento da tomada de posse solene de Manuel Barbosa como deputado na Assembleia Municipal de Paredes de Coura, que ocorreu no passado dia 12 de Outubro de 2017, lugar que ocupa por inerência por ter sido reeleito presidente da Junta de Freguesia de Padornelo.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Capela das Angústias

Capela do Amparo

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Correio Electrónico

Contacto via jofrealves@sapo.pt